28 de janeiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Notícias

A cidade do Paranoá está em pleno desenvolvimento e chegou a vez de receber seu primeiro papa-entulho, equipamento do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) para a população realizar o descarte correto de resíduos volumosos. 

Localizado no Conjunto D da Quadra 5, o papa-entulho está em processo de construção. Quando inaugurado, será possível descartar no local resto de obra e de podas, móveis velhos, material reciclável e óleo de cozinha usado. O papa-entulho recebe, gratuitamente, até um metro cúbico (1 m³) de resíduo por cidadão por dia. Vale lembrar que o descarte de material eletrônico é realizado em local designado para isso, logo não é permitido usar o papa-entulho para essa categoria de material.

Imagens:

O projeto Mais que Vencedor é uma ação da Secretaria de Juventude executado pelo Serviço Social da Indústria do DF (Sesi-DF) que tem o objetivo preparar candidatos para as provas de acesso ao ensino superior como vestibulares tradicionais, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Programa de Avaliação Seriada (PAS). Os interessados devem ter de 15 a 29 anos.

Parceria com a Secretaria da Mulher, o projeto Todas Elas quer capacitar 2,8 mil mulheres do DF. Live inaugural será nesta quinta

 

A Secretaria da Mulher do Distrito Federal, em parceria com a Fundação Assis Chateaubriand, lançará em uma live, nesta quinta-feira (16), a quarta turma do Programa “Todas Elas”. Nesta edição, a maior já realizada, 2,8 mil mulheres de baixa renda de todo o Distrito Federal poderão se inscrever pelo site do projeto (https://www.facbrasil.org.br/todas-elas).

Trata-se de um programa gratuito, no qual as mulheres receberão formação empreendedora, apoio psicossocial, mentorias, premiações pelo desempenho e ainda terão acesso à microcrédito em condições especiais para investirem em seus negócios.

O programa foi criado como uma iniciativa para fomentar a inclusão social e para promover o desenvolvimento local. É uma estratégia de acesso à cidadania voltada para mulheres em situação ou risco de vulnerabilidade, que visa apoiá-las na transformação por meio de seus talentos em negócios.

“Esta parceria é de extrema importância porque a gente precisa incentivar a inserção das mulheres no empreendedorismo e no mercado de trabalho por meio da capacitação. É preciso compreender que a autonomia econômica é fundamental para elas, e que, inclusive, é uma estratégia para quebrar um ciclo de violência. Uma mulher que se sustenta tem capacidade de escolha”, defende a secretária da Mulher, Ericka Filippelli.

O Todas Elas já apoiou mais de mil artesãs, costureiras, empreendedoras da área da beleza, da limpeza e da gastronomia a incrementar suas vendas; a atender melhor seus clientes, bem como a estruturarem seus negócios; a precificarem seus produtos e serviços de maneira adequada e a incrementarem seus empreendimentos.

O deputado distrital Rodrigo Delmasso (Podemos), apoiador desta edição do projeto, ressalta a importância do Todas Elas para o público feminino e afirma que “este projeto traz às mulheres uma ressignificação de sua importância na sociedade. Precisamos, todos os dias, não só reafirmar mas proporcionar ações que tenham como objetivo a inclusão e a valorização da mulher. O lugar de mulher é onde ela quiser!”

“Buscamos ter sobre essas mulheres uma visão 360º sobre suas necessidades, e suprir muitas das lacunas que marcam suas vidas. E isso só é possível graças a uma rede de parceiros que enxergam seu potencial e apostam nessas mulheres como uma estratégia não só para transformação de suas vidas, mas também de transformação de toda uma sociedade”, reforça a Superintendente da Fundação Assis Chateaubriand, Mariana Borges.

Se quiser conhecer mais sobre o projeto e se tornar um parceiro, ou mesmo para indicar mulheres para participarem e transformarem seus talentos em negócios, não perca a nossa live inaugural e faça sua inscrição.

 

 

Reforma do campo faz parte da iniciativa Adote uma Praça e está sendo custeada pelo Capital Clube de Futebol

 

A bola vai rolar em 2022 no Estádio JK, no Paranoá. Está prevista para janeiro a entrega da obra do campo de futebol, que foi apadrinhado em abril de 2021 pelo Capital Clube de Futebol (CCF) por meio do projeto Adote uma Praça, da Secretaria de Projetos Especiais (Sepe). Com 90% dos trabalhos executados, o estádio passará por uma vistoria técnica em 4 de janeiro, com os órgãos competentes. A expectativa é de que no dia 22 já esteja apto para a primeira partida do clube no Campeonato Candango contra o Taguatinga Esporte Clube.

Inaugurado em 2002, o espaço estava abandonado há alguns anos, até que o Capital Clube viu no espaço a oportunidade de ter um local próprio e criar um vínculo com a comunidade do Paranoá. “Eles vieram com um projeto de investir em futebol na região e sugerimos a adoção do Estádio JK, que está há mais de 10 anos sem reforma”, explica o chefe de gabinete da Administração Regional do Paranoá, Francisco Alves.

A escolha pelo estádio do Paranoá se deve a uma série de fatores. “Vimos que o espaço estava abandonado e sem gestão. A nossa ideia é mandar os jogos lá. É uma cidade que respira esporte e lazer”, explica o presidente do CCF, Godofredo Gonçalves Filho.

“A ideia é ter uma casa que seja um caldeirão, aconchegante… Já temos uma certa aproximação com a população, mas queremos estimular a torcida da região”, completa.

A reforma custeada pelo clube consiste na troca do gramado; recuperação e pintura do banco de reservas, da arquibancada, do alambrado e dos muros; construção de portões de emergência e da área administrativa, com vestiário e cabine de transmissão; e as instalações  do sistema de iluminação, irrigação, hidráulico e de parte de drenagem.

Parceria

Apesar das obras estarem sendo bancadas pelo clube, o estádio, que tem capacidade para até 6 mil pessoas, continuará sendo um espaço público. Essa é uma premissa do projeto Adote uma Praça. Por isso, a inauguração deve ser com um jogo amistoso de portões abertos. A Administração Regional do Paranoá também poderá realizar eventos no espaço.

Iniciado em 2019, o Adote uma Praça tem como objetivo firmar parcerias com empresários e moradores da capital para a manutenção e recuperação de espaços públicos, como praças, jardins, equipamentos esportivos, estacionamentos, monumentos e pontos turísticos, entre outros.

Segundo o secretário de Projetos Especiais, Roberto Andrade, desde a criação da iniciativa já são 170 pleitos de adoção. Destes, 70 já foram entregues à população e os outros 100 são esperados para 2022. Para Andrade, o sucesso do programa se deve pelo sentimento de pertencimento que cria na população. “É um projeto para resgatar a consciência cidadã e a integração entre povo e governo, um fato novo em Brasília”, avalia.

Após a parceria no Estádio JK, outros espaços semelhantes em Taguatinga e Planaltina estão sendo analisados para entrar no projeto. Para apresentar uma proposta, basta procurar a administração da região administrativa do espaço público desejado e preencher um formulário de propósito. O documento é enviado para a Sepe, que fica responsável pela análise. “Fazemos a triagem, avaliamos se não compromete a infraestrutura e o sistema viário e damos encaminhamento”, explica o secretário.

*Com informações da Agência Brasília

Serviço funcionará aos fins de semana; itinerário sai do Itapoã passando pelo Paranoá

 

Uma nova linha de ônibus vai levar os passageiros do Itapoã e do Paranoá para a Prainha Norte, no Setor de Mansões do Lago Norte, a partir deste sábado (1º). A circular 784.4 terá 12 viagens aos sábados e domingos, partindo do ponto de soltura que fica próximo à garagem da empresa Pioneira, no Itapoã. A tarifa é R$ 2,70.

O serviço vai atender, entre outros locais, os moradores dos condomínios Del Lago I e II e do Paranoá Parque, passando também pela Avenida Paranoá e pela Rua Alta Tensão até a Prainha Norte.

A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) implanta o novo serviço após solicitação feita pelos moradores, que foi encaminhada à pasta pelo administrador do Paranoá, Sérgio Damasceno. “É uma forma de proporcionar mais lazer para esses passageiros aos fins de semana”, explica o subsecretário de Operações da Semob, Márcio Antônio de Jesus.

Melhorias

Em 2021, a Semob realizou mais de mais de 700 intervenções para melhorar o transporte público coletivo local. Do total, mais de 630 mudanças foram feitas no serviço básico e outras 70 no rural. Entre as principais medidas tomadas, além da criação de novos serviços e de ampliação dos trajetos, estão alterações na tabela horária e reativação de linhas.

Atualmente, a frota do DF é composta por 2.815 ônibus, que funcionam em 858 linhas, fazendo uma média de 20 mil viagens por dia. Os passageiros podem fazer pedidos de criação, alteração de itinerários e aumento na quantidade de viagens das linhas de ônibus por meio do 162 ou pelo site: www.ouv.df.gov.br.

Nova linha: 784.4 – Itapoã/Paranoá (Paranoá Parque)/Prainha
Início: Sábado (1º)
Tarifa: R$ 2,70
Horários (partindo do Itapoã, no ponto de soltura próximo à garagem da Pioneira): 7h50, 8h25, 9h, 9h35, 10h10, 10h45, 15h, 15h35, 16h10, 16h45, 17h20 e 17h55
Empresa: Pioneira

* Com informações da Semob

Em clima de confraternização, restaurante comunitário serviu cardápio especial e ainda ofertou atividades para a criançada e toda a família

 

Diversão, boa comida e confraternização em espírito natalino. Assim foi este sábado (18) no Restaurante Comunitário do Paranoá, uma das sedes da campanha Nosso Natal 2021, coordenada pela primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha. A ação foi acompanhada pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) e pela Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação (Secti), juntamente com a Administração Regional do Paranoá.

Cerca de 1,5 mil pessoas estiveram no restaurante comunitário para se servir do cardápio especial de Natal. As crianças ganharam brinquedos e todos se divertiram com músicas e parquinhos infantis instalados no local. Durante três horas, foram servidas mais de 2 mil refeições, entre pratos para consumo no local e marmitas “para viagem”.

O secretário da Semob, Valter Casimiro, fez questão de ajudar a servir as refeições e falou sobre a importância do evento que conta com a participação de todas as secretarias e órgãos públicos do Governo do Distrito Federal. “É um prazer estar aqui no Paranoá para trazer esse almoço especial para a comunidade e poder confraternizar com as pessoas para desejar que todos tenham um feliz Natal e um excelente ano novo”, disse Casimiro.

Distribuindo brinquedos para as crianças, o secretário da Secti, Gilvan Máximo, destacou a presença do GDF em todas as regiões administrativas do Distrito Federal. “Estamos presentes com obras importantes e também com ações sociais, levando amor e estendendo as mãos para as pessoas”, afirmou.

O administrador regional do Paranoá, Sérgio Damaceno, lembrou que a pandemia da covid-19 ainda não acabou e isso aumenta a responsabilidade e a importância do GDF realizar um evento como o Nosso Natal. “A população carente do Paranoá e região precisa dessa oferta de comida saudável, a custo acessível, e hoje com um almoço diferente para comemorar o Natal com a comunidade”, disse.

A Administração Regional do Paranoá também ofereceu às crianças um espaço para diversão em pula-pula, brinquedos infláveis e pintura no rosto e braços. As mulheres ganharam atenção especial com maquiagem e sobrancelhas. Tudo acompanhado de muita música e brincadeiras.

Cardápio especial

O restaurante comunitário ofereceu um cardápio especial de Natal. O prato principal foi pernil ao molho Califórnia, com caldas de pêssego e figo. Os acompanhamentos e guarnição foram farofa natalina, salada, arroz branco e feijão carioca. Para beber foi servido suco de abacaxi com hortelã e de sobremesa, manjar de coco com calda de ameixa.

A senhora Maria Antônia, dona de casa de 80 anos, conta que todos os dias adquire as refeições no restaurante comunitário. “A comida de hoje estava muito gostosa, mas nos outros dias também é sempre muito boa. Todo dia eu tomo café da manhã aqui e às 11h venho pegar o almoço e a janta pra levar pra casa”, afirmou.

Toque do chef Rosario

O almoço de Natal no Restaurante Comunitário do Paranoá foi preparado pelo chef Rosario Tessier, da Trattoria da Rosario. Italiano da cidade de Nápoles, ele mora no Brasil desde 1993 e há 20 anos é dono do restaurante italiano mais premiado de Brasília.

Acostumado a oferecer ingredientes italianos em seu estabelecimento, Rosário aceitou o desafio de elaborar um prato tipicamente brasileiro. E, como surpresa, o chef acrescentou no cardápio uma macarronada italiana, feita com molho de almondegas.

“É um prato que agrada a todos, crianças e adultos”, disse o chef, ao explicar que essa macarronada é típica do sul da Itália. “Esse prato é comum nos finais de semana dos italianos, para reunir toda a família, e fica saboroso porque tem queijo parmesão, ervas e molho de tomate. Estou muito feliz de estar aqui, porque adoro esse tipo de evento e me sinto bem em poder ajudar as pessoas”, afirmou.

Segurança alimentar

O Restaurante Comunitário do Paranoá é um dos maiores e mais completos entre os 14 estabelecimentos do tipo mantidos pelo GDF. Oferece café da manhã e almoço de segunda-feira a sábado, com média de 1.400 refeições por dia, chegando a 2.200 refeições nas sextas-feiras. O restaurante emprega 23 funcionários, todos moradores da região administrativa do Paranoá, sob coordenação da nutricionista Geyssianne Santos.

Os restaurantes comunitários são responsáveis pelo preparo de refeições saudáveis e pela venda a preços acessíveis. O objetivo é garantir à população em situação de vulnerabilidade social o acesso à alimentação adequada.  As refeições custam R$ 1,00 o almoço e R$ 0,50 o café da manhã. As pessoas em situação de rua que têm cadastro no Serviço de Abordagem Social não precisam pagar para se alimentar nesses restaurantes.

*Com informações da Agência Brasília e Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF.

 

Fotos:

População aprova evento Nosso Natal realizado nos restaurantes comunitários neste sábado (18). Procura aumentou 77% em relação ao ano passado

 

Uma ceia especial e nutritiva com arroz, farofa, feijão, salada, pernil e frango por R$ 1. Este foi o cardápio de milhares de brasilienses que compareceram aos restaurantes comunitários neste sábado (18) para participar da terceira edição do Nosso Natal. O evento, promovido pelo Governo do Distrito Federal (GDF), foi coordenado pela Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância e superou a marca de cerca de 53 mil refeições servidas.

Cada um dos restaurantes comunitários do DF foi abraçado por um chef de cozinha. Em Samambaia, quem assumiu os trabalhos foi o governador Ibaneis Rocha, responsável por servir a comunidade no famoso Rorizão, como a unidade é conhecida. De lá, o chefe do Executivo local passou no restaurante comunitário de Ceilândia, onde presenteou crianças e jovens. Juntas, essas duas unidades venderam mais de 13 mil refeições.

“É um cardápio natalino e a ideia é essa: trazer para essa população mais carente, que se alimenta diariamente nos restaurantes comunitários, uma comida que tenha um certo diferencial e que chame esse momento de Natal”, destacou o governador Ibaneis Rocha.

Entre 2020 e 2021, os restaurantes comunitários serviram quase 15 milhões de refeições. O que, segundo o governador, ajudou muita gente desempregada ou carente em um momento tão difícil.

Nas duas edições anteriores, o Nosso Natal vendeu 77 mil refeições – 46 mil em 2019 e 31 mil em 2020. Neste ano, a procura subiu 77% e superou a marca de 53 mil pratos de comida servidos. Devido às restrições impostas pela pandemia, no ano passado os restaurantes comunitários estavam fechados para consumo nas suas instalações, o que fez com que as refeições fossem vendidas em marmitas e levadas para casa. Nesta edição, as unidades ofereceram marmitas e ainda a oportunidade de almoço no local.

“Em 2019 foi uma grande festa, uma oportunidade de celebrarmos juntos o Natal. No ano passado, veio a pandemia e não conseguimos fazer nos restaurantes comunitários. Esse ano, surge uma oportunidade de fazermos, com mais segurança. É um momento muito oportuno. É uma celebração em conjunto, uma ceia especial de Natal”, afirma a secretária de Desenvolvimento Social e primeira-dama, Mayara Noronha Rocha.

“Muito legal o evento porque reúne a comunidade, e é bom para as crianças e para a gente curtir. Tomo café e almoço aqui no restaurante de Samambaia todos os dias. Acordei cedo para provar essa ceia especial”, comenta a dona de casa Lizandra Lima Viana, de 28 anos, moradora de Samambaia.

Os restaurantes comunitários do DF serviram, entre janeiro e novembro deste ano, 7,1 milhões de refeições. A média diária é de 24,2 mil pratos de comida, o que reforça a importância desta grande rede de Segurança Alimentar e Nutricional no DF. As refeições custam R$ 7,17 e o governo complementa com R$ 6,17. Com esse subsídio, o cidadão paga apenas R$ 1 por refeição.

Vacinação contra covid-19

Além da ceia especial de Natal, o evento contou com a participação de outros órgãos e secretarias, como a de Saúde, que levou um posto de vacinação contra covid-19 para os restaurantes comunitários. Moradora de Samambaia, a dona de casa Ana Cristina, de 42 anos, aproveitou para comprar sua refeição e iniciar o ciclo vacinal. “Resolvi vacinar porque essa doença não é brincadeira não”, explicou.

Com 91,47% da população vacinada com a primeira dose e 81,13% vacinada com a segunda dose ou dose única, o secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, afirma que o trabalho é para encontrar e imunizar a população que ainda não procurou os postos.

“Estamos aproveitando este dia em que a Sedes planejou um almoço diferenciado para o Natal e nós não poderíamos deixar de ofertar a vacinação contra covid-19. Este esforço é pela busca ativa, é para aumentarmos a cobertura vacinal em todo o Distrito Federal”, explica o secretário.

 

*Com informações da Agência Brasília.

Ceia especial a R$ 1 será oferecida neste sábado (18) em todas as unidades; edições de 2019 e 2020 serviram, juntas, 77 mil refeições

 

São 15 chefs de cozinha, secretários, um governador e os restaurantes comunitários preparados para oferecer à população em situação de vulnerabilidade um almoço especial de Natal. Neste sábado (18), o Governo do Distrito Federal (GDF) mobiliza órgãos públicos para realizar a terceira edição do Nosso Natal.

O evento, coordenado pela primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, vai levar aos fogões industriais cozinheiros dispostos a imprimir seus conhecimentos da alta gastronomia em refeições vendidas a apenas R$ 1. O governador Ibaneis Rocha repete o feito das edições anteriores e assume o comando de uma das cozinhas.

Para Mayara, a campanha leva o espírito natalino àqueles que mais precisam. Ela ressalta que a integração de esforços das pastas do GDF e dos chefs que abraçaram o projeto fará deste sábado (18) um dia inesquecível nos restaurantes comunitários.

“É sempre tempo de olharmos para o próximo e proporcionarmos momentos positivos, principalmente nessa época do ano.”

Nas duas edições anteriores, o Nosso Natal vendeu 77 mil refeições – 46 mil em 2019 e 31 mil em 2020. Devido às restrições impostas pela pandemia, no ano passado os restaurantes comunitários estavam fechados para consumo nas suas instalações, o que fez com que as refeições fossem vendidas em marmitas e levadas para casa.

Os restaurantes servem, em média, 3 mil refeições de almoço por dia. A expectativa é que, com a ceia do Nosso Natal, esse número seja 25% maior e possa atingir a marca de 4 mil refeições vendidas.

Neste sábado (18), os restaurantes estarão abertos das 11h às 14h e todos darão a opção de consumir o almoço no local ou levá-lo em uma marmita. No menu, um cardápio sugerido aos chefs convidados é pernil ao molho Califórnia (abacaxi, pêssego e figo), coxa e sobrecoxa assadas ao molho de limão e ervas, farofa natalina, arroz, feijão e salada. Para beber, suco de abacaxi com hortelã. A sobremesa será manjar de coco com calda de ameixa.

Especializado em gastronomia do Cerrado, o Chef Vinicius Rossignoli participa, pela terceira vez, do Nosso Natal. Vencedor do Prêmio Dólmã como Embaixador da Gastronomia no DF, ele pretende utilizar a jaborandi do Cerrado, uma pimenta típica da região, como diferencial no preparo da sua ceia no restaurante comunitário de Planaltina. “Gastronomia é juntar pessoas. E é isso que o projeto propõe: usá-la como instrumento de inclusão social tornando-a acessível a milhares de pessoas nesta festa de Natal”, acredita.

Recreação

Se do lado de dentro os chefs comandam os fogões e oferecem uma ceia especial aos frequentadores, do lado de fora as secretarias do DF e autarquias se dividiram para oferecer atividades recreativas a quem for almoçar em cada um dos restaurantes comunitários.

Em Brazlândia, algumas atrações serão brinquedos infláveis para as crianças, pipoca, algodão doce, música ambiente e a distribuição de mil sementes de alface pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF). Técnicos da empresa estarão em uma unidade móvel dando orientações sobre agricultura. No Gama, estão previstas apresentações musicais e teatrais, DJs e brinquedos infláveis.

Os restaurantes comunitários que irão participar do evento de sábado são: Planaltina, Ceilândia, Estrutural, Samambaia, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Gama, Brazlândia, Pôr do Sol, Itapoã, Paranoá, Santa Maria e São Sebastião.

*Com informações da Agência Brasília.

 

Encontro serviu para ampliar visão econômica da cidade

 

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio Faria Junior, visitou a Administração Regional do Paranoá e aproveitou para trazer boas notícias referentes ao campo econômico da cidade. Diante de toda equipe técnica da Coordenação Executiva o gestor apresentou informações sobre a criação do setor de desenvolvimento econômico do Paranoá Parque e destinação de área para construção de dois postos de combustíveis para região. O Secretário Executivo das Cidades, Valmir Lemos de Oliveira, esteve presente dando sua contribuição no encontro.

A área destinada para o setor de desenvolvimento econômico já está em processo de matrícula cartorial e dentro de alguns dias será possível a realização de edital por parte da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) para comerciantes interessados na compra do lote ou aqueles que querem fazer uma concessão de direito real de uso pelo Desenvolve – DF, Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo.

Já os dois novos postos de gasolina que servirão para resolver uma demanda urgente dos motoristas da região que chegam a passar mais de 40 minutos em fila de abastecimento, possíveis áreas já estão sendo estudadas para a construção dos empreendimentos.

Além disso, a regularização fundiária da região do Paranoá foi um ponto importante no encontro, visto que, esse é uma pauta antiga da comunidade local.    

Tanto o setor de desenvolvimento quanto a construção dos postos de gasolina fazem parte dos planos do Governador, Ibaneis Rocha, para o crescimento econômico do Paranoá.

 

Imagens:

Evento teve objetivo de alertar moradores quanto à importância da separação correta do lixo, seu armazenamento e dias de coleta

 

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU), em parceria com a Administração Regional do Paranoá, cooperativa de catadores e voluntários realizou nesta sexta-feira (10), a primeira mobilização sobre coleta seletiva de lixo no Paranoá. A ação teve objetivo alertar os moradores quanto à importância da separação correta do lixo, armazenamento e os dias em que são recolhidos.

“Hoje foi feito um trabalho de educação e conscientização da população do Paranoá, mostrando a importância da coleta seletiva e alertando sobre os horários. Certamente este é um trabalho que vai melhorar a qualidade de vida dos moradores”, disse o administrador do Paranoá, Serginho Damaceno.

O principal objetivo da ação é conscientizar e informar a população sobre as consequências de um descarte irregular de lixo, bem como explicar os serviços prestados pelo SLU. Os servidores da Coordenação de Mobilização do SLU se uniram às equipes de mobilizadores das empresas contratadas, servidores da RA, cooperativas, além do apoio do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, e foram às ruas e ainda de casa em casa levando orientações importantes, como, por exemplo, os dias e horários que a coleta passa nos locais.

“As pessoas ainda têm dúvidas sobre onde colocar seus resíduos, como separar. Por isso o presidente do SLU, Silvio Vieira, nos pediu essa ação, que a gente realiza a cada 15 dias em uma região administrativa diferente. É um projeto que visa mobilizar e conscientizar a sociedade para a importância da separação correta dos seus resíduos e do descarte consciente”, explicou a coordenadora de Mobilização do SLU, Efigênia Lustosa.

A coleta seletiva do Paranoá é realizada com a cooperativa Recicla Mais Brasil e acontece às terças e quintas-feiras, entre 14h e 18h.

Foram entregues cartilhas educativas aos moradores contendo todas as informações necessárias para manter a cidade limpa e organizada. Essa foi é a sétima Mobilização em Ação realizada pelo SLU neste ano e a última de 2021. A ação será retomada em 2022, sempre com a parceria das regiões administrativas e demais órgãos de governo.

Serviço

Confira o dia e horário da coleta seletiva e tradicional da sua quadra no aplicativo SLU Coleta DF ou no  site do SLU em: https://www.slu.df.gov.br/dias-e-horarios-das-coletas/

Área rural também passa por manutenção

 

Pensando em melhorar ainda mais a infraestrutura das ruas e avenidas do Paranoá e melhorar a qualidade de vida dos moradores a Administração Regional está intensificando suas ações de limpeza e conservação dos espaços públicos.

Ao longo de toda semana a equipe de trabalho esteve realizando serviços essenciais para manter a cidade limpa e organizada, sobretudo, visando a não proliferação de vetores causadores de doenças como o mosquito da dengue.

O Paranoá tem a segunda maior área rural do Distrito Federal e a primeira em número de comunidades, o que aumenta a responsabilidade dos serviços de manutenção e conservação destas áreas específica.

 

Serviços:

Com o auxílio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) foi realizado a poda de árvores no núcleo rural Boqueirão.

 

Foi realizada a retirada de inservíveis de todas as baias dos condomínios do Paranoá Parque.

 

Fazendo reparação dos estragos causados pelas chuvas, foi realizada operação de tapa buraco também no Paranoá Parque.

 

No núcleo rural Tamanduá, foi realizado patrolamento das estradas e construído bolsões para escoamento e diminuição do impacto das águas das chuvas.

 

Na Rajadinha 2, área rural do Paranoá, esta sendo realizado o assentamento e patrolamento das estradas, que além de facilitar o acesso à comunidade, auxilia no escoamento da produção agrícola.

Prática tem aumentado em todo DF

 

A Prática de furto das redes de fiação elétrica é um crime que tem aumentado muito no Distrito Federal causando prejuízo aos cofres públicos. O constante vandalismo aos cabos é a principal causa da falta de energia para o consumidor.

O cobre é um metal nobre e excelente condutor de energia elétrica. Dessa forma, os criminosos fazem o furto para extrair esse material para revendê-lo. Eles queimam a fiação e extraem o cobre.

No Paranoá, nos arredores do campo sintético da cidade, criminosos disfarçados de servidores da Companhia Energética de Brasília (CEB) furtaram os cabos cobre. A situação já está sendo resolvida, porém, levará alguns dias para ser normalizada.

Em anos anteriores (2018,2019) o prejuízo da CEB Distribuição com esses atos criminosos ultrapassou R$ 3 milhões. O Paranoá não está entre as cidades com maior incidência de furtos, mas vale ligar o sinal de alerta.

Caso pessoas suspeitas e não autorizadas sejam flagradas fazendo intervenções em postes e nas câmaras subterrâneas, a orientação é que a população acione a Polícia Militar pelo telefone 190 ou a ouvidoria da Administração Regional do Paranoá no telefone (61) 9 9236-7221.

Parceiros poderão construir ou fazer manutenção das paradas de ônibus

Empresários e moradores do Distrito Federal poderão participar do programa ‘adote um abrigo’, lançado pela Secretaria de Transporte e Mobilidade. O programa abrange as paradas de ônibus do transporte público coletivo, utilizados para embarque e desembarque dos passageiros. A portaria nº 138, de 15 de setembro de 2021, que institui o programa, foi publicada no Diário Oficial (DODF) desta quinta-feira (16) e já está em vigor.

O programa de cooperação vai permitir que os interessados possam construir, adequar, substituir ou assumir a manutenção de paradas de ônibus. Serão oferecidos para adoção cerca de 2.700 paradas de coletivos com abrigos de concreto e 565 pontos com placas de sinalização.

A adoção poderá ser feita por empresa ou cidadão. Quem assumir a parada de ônibus poderá instalar placas com mensagens indicativas de cooperação, onde serão publicados os dados do parceiro e da cooperação celebrada com o GDF. Os interessados poderão escolher entre adotar uma única parada ou assumir um conjunto de abrigos de sua livre escolha.

Para o subsecretário de Terminais da Secretaria de Transporte e Mobilidade, Ronivaldo Bento Costa, a ampliação dos serviços ofertados pelo poder público, por meio da iniciativa privada ou pela população é positiva, pois, além de melhorar a infraestrutura, confere identidade própria a cada região administrativa ou localidade. “É importante esse cuidado, pois os abrigos de passageiros compõem a infraestrutura de transporte e são mobiliários essenciais para oferecer conforto e segurança aos seus usuários”, acrescenta.

Para adotar um abrigo, o empresário ou morador deverá manifestar interesse por meio de requerimento que precisa ser protocolado na Semob. Se a proposta for aprovada, é preciso assinar o termo de cooperação com a Secretaria. Os serviços só poderão ser iniciados após a publicação no Diário Oficial do DF. O prazo de adoção é de até 48 meses e a renovação só será possível após avaliação técnica dos serviços realizados nesse período.

Os empresários ou moradores interessados poderão conhecer detalhes do programa por meio dos documentos que estão publicados no site da Semob. Além da portaria, o modelo de termo de cooperação, os modelos de abrigo e o detalhamento dos serviços referentes à construção   ou   manutenção   de   abrigos   estão   disponíveis   no link https://semob.df.gov.br/adote-um-abrigo/.

Período de precipitações liga alerta no Paranoá

 

Muitas vezes a chegada do período das chuvas vem trazer alívio para calor e amenizar os efeitos causados por ele. Mas nem sempre é assim, chuva em excesso pode causar grandes prejuízos à cidade e risco aos moradores. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados.

 

A Administração Regional do Paranoá atendendo as recomendações do Governo do Distrito Federal e atenta aos problemas que o período de precipitações pode trazer começou a realizar uma série de ações preventivas na cidade.

 

Poda de árvores

Responsáveis pelas sombras nos dias de sol as árvores podem se tornar um perigo nos dias chuvosos. A queda de vegetações é responsável por prejuízos materiais e acidentes. Mas a poda de galhos é uma saída para evitar problemas.

 

Bocas de lobo

A equipe de trabalho da Administração realizou a limpeza preventiva das bocas de lobo das vias e entrequadras da cidade com o intuito de minimizar possíveis transtornos causados pela chuva.

 

Tapa buraco

Para minimizar os efeitos da chuva e garantir a mobilidade urbana a equipe de trabalho da Administração está realizando o serviço de tapa buraco nas vias da cidade.

 

Entulho

A retirada do entulho também é uma importe ação preventiva no período de chuva, pois evita o alagamento das ruas e vias, uma vez que, com a força das águas, os dejetos deixados na rua são levados até os bueiros e bocas de lobo.

Manutenção será feita mensalmente

 

Neste ano de 2021 a Administração Regional do Paranoá realizou a revitalização da Praça Central do Paranoá. As intervenções transformaram o local em ponto de encontro familiar trazendo novamente o ar de comunhão aos moradores.

Com a restauração da fonte luminosa surgiu a necessidade de um serviço de manutenção de limpeza da água utilizada na estrutura, para prevenir problemas como dengue e outras doenças mantendo assim a qualidade de vida e saúde da população do Paranoá.

A fonte tem um formato circular com 9,45 m de diâmetro, cerca de 60 cm de profundidade, contendo aproximadamente 42 m³ de água. A limpeza deve ser feita semanalmente pela empresa SL Piscinas, especialista neste tipo de serviço.

Em homenagem ao Dia do Servidor Público, a Procuradoria-Geral do Distrito Federal promove a palestra "Uma Abordagem Inicial sobre a Comunicação Não Violenta e a Escuta Ativa", a ser ministrada pela Juíza Titular da Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra à Mulher do Recanto das Emas, a senhora Cristiana Torres Gonzaga.

A Comunicação Não Violenta – CNV – é um conjunto de técnicas que estimula a conexão entre as pessoas, para desenvolver uma expressão mais autêntica e honesta nas relações interpessoais. Sua aplicação no ambiente de trabalho é essencial para:

 

·                reuniões mais efetivas;

·                feedbacks mais construtivos;

·                instrumental adequado para mediação de conflitos;

·                gestão de equipes;

·                melhor atendimento ao público e ao cidadão;

·                e maior produtividade na prestação do serviço público.

 

Desta forma, a CNV faz-se um importante alicerce para a performance otimizada de equipes, para a resolução pacífica de conflitos e para a construção de ambientes acolhedores.

Quer saber mais? Inscreva-se por meio do link abaixo! 

Inscrições: https://bit.ly/palestra-comunicacao-nao-violenta-pgdf

Data: 27/10/21

Horário: das 14h às 15h.

Local: Plataforma Teams.

 


SEDUH informou haver áreas disponíveis

 

O trabalho diário da Administração Regional do Paranoá é pautado por aquilo que a comunidade necessita. Por isso, é de suma importância manter a proximidade com o cidadão de forma a não perder demandas essenciais para a melhora de suas vidas.

Partindo desse princípio, o Administrador Regional do Paranoá, Serginho Damaceno, enviou processo para Secretária Executiva de Gestão de Território (SEDUH) solicitando áreas destinadas para construção de postos de gasolina.

No Paranoá, atualmente, funcionam dois postos de gasolina que não respondem satisfatoriamente a demanda da região causando transtorno para os moradores da comunidade.

Em resposta ao ofício enviado, após análise, a SEDUH informou haver duas áreas destinadas para atividades de comércio varejista de combustíveis e lubrificantes, designadas como unidade de uso e ocupação do solo UOS “PAC 2”, sendo também admitida essa atividade nos lotes da UOS CSII 2, em destaque na imagem no início desta matéria.  

A Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) também foi acionada para analisar as questões fundiárias dos lotes sinalizados pela SEDUH e dar seguimento aos trâmites do processo iniciado pela Administração do Paranoá.

O próximo passo a ser tomado pela Administração será uma reunião com o Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis (Sindicombustíveis-DF), Paulo Tavares, para tratar dos assuntos concernentes a construção destes novos empreendimentos.

O Governo do Distrito Federal é uma máquina de entregar obras. Durante toda a gestão o Governador, Ibaneis Rocha, tem cumprido todas as promessas feitas e melhorado a qualidade de vida do morador do DF.

No Paranoá não é diferente. Dentre tantas intervenções espalhadas pelo Paranoá o início da construção do viaduto Paranoá/Itapoã é uma das mais importantes, pois esse era um anseio da comunidade.

Neste momento uma equipe de topografia está trabalhando no local para fornecer informações sobre a área de implantação da obra.  Isso é importante, pois cerca de 80% dos problemas encontrados na execução estão relacionados a erros não solucionados nesta etapa do projeto.

Trata-se de uma obra de grande magnitude, o viaduto será construído no entroncamento da DF-001 A DF-015. Haverá faixas de rolamento e acostamento, adequação à geometria das rodovias, reforma do pavimento existente, sinalização horizontal e vertical, ciclovia e ciclofaixa, além de barreiras de concreto New Jersey – modelo mais seguro e resistente – e contenções.

Oficinas Temáticas irão acontecer no formato misto, ou seja, presencial e virtual, em função da pandemia da COVID19.

Os eventos presenciais, limitados a 100 (cem) pessoas, deverão ocorrer em estrita observância aos protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias.

A participação nos eventos presenciais ocorrerá mediante prévia inscrição, em formulário próprio, disponível no site do PDOT, no endereço eletrônico http://www.pdot.seduh.df.gov.br/.

Com relação à participação virtual, serão disponibilizados os links para as salas virtuais no site do PDOT http://www.pdot.seduh.df.gov.br/ e inclusive o link para o site do Conexão SEDUH no YouTube também estarão lá disponíveis.

As reuniões da manhã se iniciam às 9 hs e as da tarde se iniciam às 15 hs, sendo que as presenciais terão 30 minutos para o credenciamento, antes do inicio da oficina.

Esclarecimentos, pelo telefone 3214-4101 ou 3214-4102.

Próxima etapa será a de capitação de recursos

 

O projeto básico de reforma do campo sintético da cidade do Paranoá está pronto. A equipe da Coordenação Executiva da Administração Regional do Paranoá (COEX), composta por engenheiros e arquitetos residentes e voluntários, após todos os laudos técnicos finalizou o projeto.

O próximo passo a ser tomado pela Administração Regional é a capitação de recursos para obra. No entanto, já houve a sinalização por parte da deputada federal, Celina Leão, da intenção de disponibilizar emenda parlamentar.

O Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, determinou a manutenção do campo sintético mesmo após o início das obras de construção do viaduto do Paranoá/Itapoã, que a principio, ocuparia o mesmo espaço.

Mais de 2.500 atletas fazem uso deste campo todo fim de semana, ou seja, este equipamento público é peça chave para o desenvolvimento do esporte na cidade, em especial, o futebol.

Ação visa também a não proliferação de doenças

 

A Administração Regional do Paranoá preocupada com a saúde pública da cidade está realizando a retirada de materiais inservíveis espalhados por todo o Paranoá Parque.

A manutenção da limpeza da cidade é uma determinação do Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que coloca a saúde pública do DF como umas de suas prioridades de governo.

A equipe de trabalho da Administração, com o auxílio de um caminhão caçamba, está recolhendo os materiais inservíveis (móveis, aparelhos eletrodomésticos e outros materiais) que foram abandonados nas vias públicas.

O objetivo principal desta ação é prevenir a proliferação do mosquito da dengue e outras doenças transmitidas por fungos ou vetores. Porém, a Administração do Paranoá ressalta que a conscientização pode ser a maior arma para evitar tais doenças.

Parceria com GDF tem trazido vários benefícios para comunidade

 

A Administração Regional do Paranoá juntamente com o Governo do Distrito Federal abraçaram as áreas rurais da região. O Paranoá tem a segunda maior área rural do DF e a primeira em número de comunidades. Dessa forma, existe muito trabalho para ser feito nesta enorme área de abrangência.

Atendendo ao pedido da comunidade local a equipe de trabalho da Administração está revitalizando o Parquinho infantil do Colégio Natureza localizado no km 8,5 de Sobradinho dos Melos.

O parquinho é bastante utilizado não só pelos alunos da escola, mas também palas crianças da comunidade. As benfeitorias realizadas pela Administração ajudarão as crianças a desfrutarem do espaço com segurança.

A manutenção dos espaços com parquinhos infantis é uma das importantes pautas do GDF que trazem mais vida a um bairro e certamente faz toda diferença na hora de manter um ambiente harmônico e durável.

Voluntários da comunidade também se apresentaram para ajudar

 

Nos últimos meses a cidade do Paranoá se tornou uma espécie de residência oficial do Governo do Distrito Federal. O Governador, Ibaneis Rocha, só nesta semana esteve por duas vezes na cidade para fazer anúncios de obras importantes que vão mudar definitivamente a vida dos moradores da comunidade.

Seguindo este mesmo ritmo a Administração Regional do Paranoá fez uma reunião com sua equipe técnica e arquitetos voluntários da cidade a fim de desenvolver projetos básicos para a reforma do campo sintético, cobertura da arquibancada do estádio JK e outros equipamentos esportivos.

A formação dessa força tarefa tem o objetivo de não perder nenhuma verba já disponível para obras. Toda intervenção realizada pela Administração Regional visa trazer dignidade aos moradores do Paranoá, portanto, dessa reunião serão traçados os caminhos para destinação de toda verba disponível tanto pelo GDF quanto de emendas parlamentares.

Função Social

O esporte na Região do Paranoá além das funções de lazer traz consigo uma função social. Dados da Polícia Civil apontam que nos fins de semana de eventos esportivos os crimes reduzem cerca de 80%. Já a emergência do Hospital Regional reduz seu atendimento em cerca de 70%.

 

Fotos:

Início da Reforma da quadra poliesportiva Franksmar

Equipamentos públicos reformados após 15 anos de espera

Iniciaram hoje as obras de reforma da quadra poliesportiva Franksmar. Após autorização do Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, a empresa responsável começou a fazer os primeiros reparos neste que é um dos espaços esportivos mais importantes do Paranoá.

 

Administração do paranoá retira lixo dos bueiros da cidade

Sabe aquela garrafa PET jogada na rua? Ela pode causar grandes problemas para o Paranoá. Isso porque o lixo urbano não desaparece em um passe de mágica e seja qual for o dejeto descartado em local inapropriado, em algum momento, ele pode escoar para os bueiros causando entupimento das redes de águas pluviais.

A equipe de trabalho da Administração Regional do Paranoá mobilizou-se em fazer a limpeza dos bueiros da cidade. Na quadra 20, foi retirada uma quantidade enorme de lixo.

No Distrito Federal existe um volume absurdo de lixo sendo retirado periodicamente de bueiros e bocas de lobo e assim como o GDF, a Administração do Paranoá está empenhada no combate ao descarte irregular de lixo.

Conscientização

Lugar de lixo é na lixeira, porém, ainda existem pessoas que descartam sacolas plásticas, embalagens, copos descartáveis, latinhas e outros objetos pelas ruas do Paranoá. A Administração ressalta que a conscientização ainda é a melhor forma de combate ao lixo.

 

SLU realiza pintura de meio-fio

O Governo do Distrito Federal considera o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) imprescindível para manutenção de uma cidade, não sendo apenas um fator de embelezamento das vias, mas uma atividade essencial para eliminação de focos de transmissão de doenças e também para a preservação do meio ambiente.

O SLU está realizando o serviço de pintura de meio-fio na lateral par da cidade do Paranoá. A atividade é destinada a manutenção da pintura das guias, auxiliando na sinalização de trânsito, garantindo maior segurança para pedestres e veículos além de destacar as condições de limpeza das ruas.

 

Início das obras do skate parque

A Administração Regional do Paranoá iniciou as reformas no skate parque da cidade. A expectativa é a de que em menos de 45 dias a obra seja concluída e a população possa voltar a prática de atividades no espaço.

O Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, juntamente com a Administração do Paranoá tem uma preocupação especial com a zona rural do Paranoá, que é a segunda maior do DF. O GDF tem desenvolvido várias ações com o objetivo de levar desenvolvimento para essas áreas.

Dessa vez, uma creche será construída no núcleo rural Jardim II. Para tanto, o galpão da região que acomodará o novo equipamento público será totalmente reformado. O GDF entende que esse ambiente pré-escolar é propício para que se aprendam habilidades sociais, por isso, essa reforma torna-se importante para a criação de um ambiente de aprendizado seguro.

O departamento de compras da NOVACAP tornou público que realizará Procedimento Licitatório Eletrônico, no dia 05 de outubro, para contratação de empresa especializada para execução das obras que ficará em torno de R$ 442 mil.

Mais de 65 mil credores podem aderir ao Acordo, desde que não tenham comercializado o precatório 

 

Titulares de precatórios expedidos em face do DF ou de qualquer de suas autarquias e fundações poderão receber os valores devidos antecipadamente, por meio do Acordo Direto de Pagamento de Precatório.  

O Edital nº 1/2021, com as regras de adesão à sexta rodada do acordo, foi publicado na edição nº 165/2021 do Diário da Justiça/TJDFT, disponibilizada nesta terça-feira, 31 de agosto. 

Neste Chamamento, poderão aderir os credores de precatórios alimentares expedidos até 31/12/2020 e credores de precatórios comuns expedidos até 1º/07/2020.  

O pagamento antecipado é feito após deságio de 40% sobre o valor atualizado do precatório. Quando houver incidência de imposto de renda e/ou de contribuições à seguridade social, conforme cada caso, a dedução é feita após aplicação do deságio.    

O prazo para aderir à conciliação inicia em 1º de setembro e encerra em 1º de outubro. A proposta de adesão é feita por meio de formulário eletrônico, diretamente pelo interessado ou por meio de procurador ou advogado, no endereço www.acordoprecatorio.pg.df.gov.br 

Desde 2018, quando iniciou essa modalidade de pagamento de precatórios no DF, já foram pagos mais de R$ 310 milhões de forma antecipada a pouco mais de 6.600 credores. No mesmo período, o DF economizou quase R$ 220 milhões.  

Nesta sexta rodada, a proposta de acordo alcança pouco mais de 65 mil credores, dos quais aproximadamente 38 mil foram emitidos no ano passado e têm, agora, a oportunidade de aderir ao acordo. Vale lembrar que, para aderir ao Acordo, o precatório não pode ter sido cedido a terceiros, total ou parcialmente, ou apresentado em processo de compensação.

Programa já passou por 13 locais e realizou aproximadamente 80 mil atendimentos

 

Nos próximos dias 10 e 11 de setembro, sexta-feira e sábado, os moradores do Paranoá serão atendidos pela 14ª edição do programa Sejus Mais Perto do Cidadão, que oferece diversos serviços aos moradores, como Na Hora, emissão gratuita da 1ª e 2ª via da identidade pela Polícia Civil, ouvidoria, corte de cabelo, assistência jurídica, social e psicológica. Esta é a segunda vez que a iniciativa acontece na cidade — a primeira foi em abril de 2019.

“É um dos maiores programas itinerantes do Governo do Distrito Federal, criado para atender a população com serviços de cidadania, ações sociais e cuidado com a saúde dos cidadãos. Desde 2019, já realizamos aproximadamente 80 mil atendimentos nas 13 cidades por onde passamos, o que reforça o impacto da ação”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Além dos atendimentos de cidadania, a programação inclui aferição de pressão e glicemia, acupuntura, massoterapia, auriculoterapia e orientação sobre saúde bucal. O programa oferece também cursos profissionalizantes e a divulgação de oportunidades de estágio aos estudantes. 
Quem comparecer ao evento terá a oportunidade ainda de visitar a Feira de Talentos, com a comercialização de artesanato e itens gastronômicos feitos por mulheres vítimas de violência atendidas pela Sejus, e adquirir produtos orgânicos e pães fabricados em oficinas do Sistema Socioeducativo.  Para a criançada, haverá uma tenda com oficinas, brinquedoteca, pula-pula e cantinho da leitura. 
As atividades vão ocorrer no Paranoá Parque, na quadra 2/3, conjunto comercial, lote 1, em frente à UPA do Paranoá. 

Programa
O Sejus Mais Perto do Cidadão foi criado em março de 2019 e transformado, por meio do Decreto nº39.774, de abril de 2019, em uma ação permanente de governo. O programa está em sua décima terceira edição e já passou pelas regiões administrativas da Candangolândia, Paranoá, Planaltina, Brazlândia, Recanto das Emas, São Sebastião, Riacho Fundo, Sol Nascente/ Pôr-do-Sol, Itapoã, Ceilândia, Rodoviária do Plano Piloto, Estrutural e Samambaia. Até agora, já foram contabilizados aproximadamente 80 mil atendimentos.

Serviço 
Data: 10 e 11 de setembro
Horário: 
Sexta-feira, das 9h às 17h 
Sábado, das 9h às 13h
Local: Paranoá Parque, na quadra 2/3, conjunto comercial, lote 1, em frente à UPA do Paranoá.

O processo seletivo para as vagas não preenchidas no primeiro processo eletivo do Conselho Distrital de Segurança Pública (Condisp), ocorrido entre os meses de fevereiro e maio, terá início neste mês. As inscrições serão abertas a partir do dia 23 de agosto e poderão ser feitas até o dia 15 de setembro.

O edital com as regras e os prazos foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal, desta sexta-feira (13/8). Como no primeiro  processo seletivo, toda a tramitação ocorrerá de forma virtual em função da pandemia.

No total, seis vagas poderão ser preenchidas. São elas: Entidades de caráter associativo ou sindical representantes dos praças da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) – 1 vaga; Entidades ou organizações da sociedade civil –  2 vagas; Núcleos de estudo e grupos de pesquisa – 1 vaga; Conselhos comunitários – 2 vagas.

A Portaria SSP/DF n.º 110, de 27 de julho de 2021 (66642988), a qual disciplina o processo de eleição para a composição das vagas não preenchidas do Conselho Distrital de Segurança Pública – Condisp.

 O processo seletivo direciona-se às entidades ou organizações da sociedade civil, núcleos de estudo, grupos de pesquisa e conselhos comunitários do Distrito Federal cuja finalidade esteja I – Entidades de caráter associativo ou sindical representantes das praças da PMDF (uma vaga);

II – entidades ou organizações da sociedade civil (duas vagas);

 III – núcleos de estudo e grupos de pesquisa (uma vaga); e

IV – Conselhos comunitários (duas vagas).

As inscrições devem ocorrer entre os dias 23/08/2021 e 15/09/2021, conforme instruções que podem ser conferidas na página oficial desta Pasta (www.ssp.df.gov.br).

O Secretario de Governo, José Humberto, recebeu em seu gabinete o Administrador do Paranoá, Sergio Damaceno, o presidente da Associação dos Moradores da Rajadinha II, Ilmar Chaves, e líderes comunitários que apresentaram um projeto de construção de um estacionamento no comércio local.

“Certamente a iniciativa vai proporcionar segurança e conforto para região”. José Humberto, Secretário de Governo do DF.

A área de seis mil metros quadrados terá o piso feito em bloquetes e contará com a parceria do Departamento de Estradas e Rodagem do DF (DER), da Administração do Paranoá e dos moradores, que ajudarão na mão de obra.

Além da apresentação do projeto do estacionamento, para que infraestrutura do local fique completa, foi pedido também que a iluminação atual seja trocada por lâmpadas de LED, que é a tecnologia mais inovadora no mercado de iluminação.

O que fazer com os seus equipamentos eletrônicos que não possuem mais condições de uso? Sabia que eles ainda podem promover a inclusão digital de alunos de baixa renda? A Administração Regional do Paranoá realizará, no dia 04 de setembro, das 10h às 16h, o Drive Thru do Resíduo Eletrônico, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, a OSC Programando o Futuro e a Green Eletron. Separe seus equipamentos eletrônicos, como computador, impressoras, telefones, carregadores e eletrodomésticos, e descarte com segurança. Para isso basta levá-los para a Administração Regional do Paranoá.

Além de descartar de maneira adequada seus resíduos, você estará contribuindo para que jovens possam estudar com o material doado, uma vez que os equipamentos que apresentarem condições de uso serão recondicionados e posteriormente doados.

O Drive Thru do Lixo Eletrônico faz parte do RECICLOTECH, que alinha capacitação profissional de jovens, recondicionamento de resíduos eletrônicos, doação de equipamentos, educação ambiental e preservação do meio ambiente.

 

Serviço:

Drive Thru do Lixo Eletrônico

Dia 04 de setembro

Horário: 10h às 16h

Local: Administração Regional do Paranoá

Informações: 61.99231-1923 (Valéria)

Redes Sociais:@adm_paranoa, @sectidf, @greeneletron, @programandoofuturo

 

A Administração Regional do Paranoá recebeu a visita da Secretária de Estado de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, para tratar detalhes sobre o “SEJUS mais Perto do Cidadão” que acontece no Paranoá Parque ainda este mês. O programa do Distrito Federal faz parcerias com várias instituições para oferecer à população atendimentos gratuitos em diferentes âmbitos.

As 13 edições do programa já contabilizam cerca de 80 mil atendimentos. Além de Samambaia, a ação já passou pelas regiões administrativas da Candangolândia, Paranoá, Planaltina, Brazlândia, Recanto das Emas, São Sebastião, Riacho Fundo, Sol Nascente/ Pôr-do-Sol, Itapoã, Ceilândia, Rodoviária do Plano Piloto e Estrutural. O Sejus Mais Perto do Cidadão foi criado em março de 2019 e transformado, por meio do Decreto nº39.774, de abril de 2019, em uma ação permanente de governo.

Serviços ofertados no “SEJUS Mais Perto do Cidadão”:

Sexta, dia 10 de setembro: 9h às 17h

Sábado, dia 11 de setembro: 9h às 13h

Emissão Gratuita de 1° e 2° via do RG;

Na Hora;

Assistência Jurídica;

Aferição de pressão e glicemia;

Ouvidorias;

Assistente Social;

Psicólogo;

Cursos;

Tenda para a criançada com brinquedoteca, pula-pula, cantinho de ler e muito mais;

Apresentação Culturais;

Corte de Cabelo;

Orientação de Saúde Bucal;

Venda de produtos orgânicos e de pães produzidos por sócioeducandos.

✨ O objetivo da campanha é fazer o Dia das Crianças mais feliz. Para isso, entre os dias 30 de agosto e 30 de setembro, serão arrecadados brinquedos e livros infantis nas Administrações Regionais, Batalhões do Corpo de Bombeiros (@cbmdf), Palácio do Buriti e anexo, Secretarias e órgãos do GDF, bem como na sede da Defesa Civil do DF (@defesacivildf).
.
⚽ 📚 Cada brinquedo ou livro doado cumprirá sua função social levando esperança para as nossas crianças. Faça você também dessa corrente do bem!
.
ℹ️ Importante lembrar que doação não é descarte. Portanto, selecione brinquedos e livros em condições de serem utilizados. Ainda, higienizem os brinquedos e acondicionem em sacolas plásticas transparentes para facilitar a identificação.
.
💕 Cuidar das nossas crianças é cuidar do nosso futuro. Faça você também a diferença!
.
@mayara.noronharocha
@subchefiagdf

Ao longo da gestão do Governo Ibaneis Rocha, nota-se que a cidade do Paranoá vive uma constante evolução. Na área de infraestrutura a cidade tem crescido com as diversas obras desenvolvidas pelo Governo do Distrito Federal.

O perímetro urbano do Paranoá é composto por várias praças de convivência e a Administração Regional assumiu o compromisso de zelar por todas elas visando proteger esses bens que fazem parte da identidade local.

Foi estabelecido um cronograma de revitalizações que contemplarão todas as praças da cidade e com muito esforço da Administração Regional e parcerias com o GDF (Programa Adote uma Praça) os recursos para essas obras estão sendo captados.

A equipe da Administração do Paranoá chega à quadra 26 para iniciar os trabalhos de revitalização e novamente dar vida ao espaço. Toda atividade realizada no local prioriza o bem estar do morador.

Um novo parquinho infantil será implantado atendendo a um pedido das crianças. A área da quadra poliesportiva está passando por uma análise técnica e o resultado dirá se o piso será trocado ou apenas pintado. Podas de árvores e pintura de meios-fios também fazem parte da ação.

A Administração do Paranoá entende que uma cidade bem cuidada transmite uma melhor sensação de conforto aos moradores e ao mesmo tempo valoriza estes locais que são parte integrante de sua identidade.

 

Com início marcado para o dia 1º de setembro, o Ciclo de Palestras de Integridade Pública tem como missão a orientação e o treinamento dos servidores do GDF sobre temas que fundamentam os conceitos de integridade, ética e governança pública.

O evento é idealizado pelo Núcleo Especial de Governança de Integridade Pública da PGDF (NUGIP-PGDF), em parceria com a Controladoria-Geral do Distrito Federal e com a Secretária de Estado de Economia do Distrito Federal, e será realizado por meio da Escola de Governo do DF, em modalidade virtual.

A palestra de abertura, intitulada “O papel Educativo das Comissões de Ética”, será ministrada pela Conselheira da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Roberta Codignoto, e debaterá a importância da adoção de medidas destinadas à prevenção, detecção e punição de fraudes e atos de corrupção.

As inscrições, que se encerram no dia 23/08,  estão abertas por meio do link: https://sistemas.df.gov.br/EGOV/DetalheTurma.aspx?TurmaId=219
 

📢 Tema: O papel Educativo das Comissões de Ética
👩‍🏫 Palestrante: Roberta Codignoto
📅 Data: 1º/09/2021
⏱ Horário: Das 14h às 15h.

 

A Administração Regional do Paranoá concentra seus esforços em mudar de forma significativa a vida dos moradores da comunidade. Toda ação desenvolvida pela RA é alinhada com os interesses do Governo do Distrito Federal. 

Na tarde de hoje a Administração Regional do Paranoá esteve reunida com vários órgãos do Governo, incluindo a Administração do Itapoã, para tratar sobre o campo de grama sintética e a pista de atletismo. 

Visto que a obra do viaduto Paranoá/Itapoã afetará os referidos equipamentos públicos (campo e pista), seria necessário o remanejamento dessas aparelhagens. 

Porém, a equipe técnica da Administração do Paranoá, formada por engenheiros e arquitetos, fez um pedido de readequação do projeto do viaduto, para que as estruturas fossem mantidas e os atletas e a comunidade pudessem continuar utilizando os espaços. 

Tal proposta PODERÁ SER  POSSÍVEL, desde que atenda as exigências técnicas e não atrase o cronograma de obras que será realizado através do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), modalidade de licitação que surgiu como alternativa aos modelos tradicionais trazendo mais eficiência, agilidade e transparência. 

Paralelamente a aprovação da proposta de readequação, a Administração do Paranoá tem uma espécie de plano B e já estuda construir um centro esportivo que contará com três campos de futebol e uma pista olímpica as margens da DF-001. A área já foi mapeada e sua viabilidade está sendo estudada pelos órgãos competentes.  

Órgãos participantes da reunião:
– Administração Regional do Paranoá;
– Administração Regional do Itapoã;
– Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER);
– Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (CODHAB);
– Instituto Brasília Ambiental (Ibram);
– Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (NOVACAP);
– Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH).

 

Após anos de espera, a população do Paranoá Parque – bairro que integra o Paranoá – comemora a chegada do primeiro equipamento público da região: uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Com investimento de R$ 3,5 milhões e 70 empregos gerados, o posto foi inaugurado nesta quarta-feira (11) pelo governador Ibaneis Rocha.

Na cerimônia, Ibaneis destacou a importância do investimento nas UBSs, que representam a porta de entrada no atendimento à população. “Eu aprendi que saúde começa na UBS, com o atendimento das equipes da Saúde da Família. Ali é que se cuida das famílias, das pessoas. E isso tem sido feito de forma organizada no Distrito Federal, em que pese a pandemia”, destacou o governador Ibaneis Rocha, ao reforçar para os moradores que a construção da unidade de saúde é o primeiro passo para o bairro ter a infraestrutura merecida.

“Aqui no Paranoá Parque residem aproximadamente 40 mil pessoas. Esse bairro foi entregue sem qualquer equipamento público, mas nós vamos entregar escolas e creches até o final do ano que vem. Faremos o viaduto do Paranoá, a duplicação da DF-250, a revitalização da Avenida Paranoá. Serão investidos aproximadamente R$ 100 milhões no Paranoá”, afirma.

Presente à inauguração, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, elogiou a abertura da unidade com as equipes completas, assim como a atuação do GDF na saúde pública. “Como ministro prefiro inaugurar uma UBS do que um hospital, porque sabemos que é na UBS que começa a Atenção Primária à Saúde. E é por meio das 48 mil UBSs do país que faremos a revolução na Saúde do Brasil”, projetou.

Autor de uma emenda parlamentar que permitiu a construção da UBS do Paranoá Parque, o deputado distrital José Gomes também comemorou a chegada do equipamento público. “Esse é um bairro que precisa de saúde e educação. Fico feliz em ajudar com a emenda e também pelo governador estar sempre disposto a executar os projetos”.

Estrutura

O projeto da obra foi executado pela Novacap. A unidade, que tem 870 m², conta com oito consultórios divididos em quatro para médicos e quatro para enfermeiros, mais dois consultórios de odontologia e um consultório para Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf). A UBS também é equipada com sala de atividades coletivas, sala de vacinas, sala de coleta de exames, copa e vestiário para os funcionários, entre outras. “Essa obra é muito mais que uma UBS, é quase um mini-hospital, aqui tem tudo”, aponta Fernando Leite, presidente da Novacap.

No local, vão atuar seis equipes de Saúde da Família, uma equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), uma equipe multiprofissional e três equipes de odontologia.

Administrador do Paranoá, Sergio Damasceno, conhece bem a carência das demandas da região. “Nós temos aqui 40 mil pessoas que estão felizes por terem onde morar, mas que até então não tinham atendimento de saúde por falta de equipamento público. E agora elas têm”, reforça.

Quem compartilha do sentimento do administrador e morador do Paranoá é Adriana Martins da Silva, de 30 anos, que reside no Paranoá Parque. “Estou aqui há cinco anos e agora vai ficar fácil para ter atendimento. Antes estávamos jogadas aqui, indo de um lado para outro, e agora temos uma UBS do lado de casa, um espaço permanente e que vai facilitar para todos que moram aqui”, comemora.

Para Sillany Ferreira Sousa, de 33 anos, a chegada da UBS representa uma gestação mais tranquila. “Maravilhoso, não poderia ser melhor neste momento em que estou com cinco semanas de gestação. A UBS está do lado de casa, eu desço e já estou aqui para fazer o meu pré-natal e minhas consultas. Precisávamos muito dessa UBS aqui”, vibra.

Maior número de equipes da história

Todo esse trabalho do governo vai permitir que o DF atinja, em breve, o maior número de equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) da sua história. Até o fim do ano, a Saúde deverá ter 635 equipes, chegando à inédita cobertura de 83% de todo o território. Isso será possível com o credenciamento de mais 151 equipes junto ao Ministério da Saúde, além das 484 credenciadas já existentes, que serão distribuídas nas 175 UBSs existentes na capital federal.

“Esse número de 635 equipes faz parte do Planejamento Estratégico de governo. É um compromisso que o governador Ibaneis tem com a Atenção Primária e vem sendo cumprido. Estamos atingindo o maior número de obras entregues, estamos vendo a maior expansão de equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF). Então, chegar nesse quantitativo é uma marca histórica que vamos buscar alcançar ainda em 2021”, revela o coordenador da Atenção Primária, Fernando Erick Damasceno.

“É um trabalho que a gente precisava dar prioridade e começamos durante a transição do governo, entre 2018 e 2019. O aumento na cobertura é especial e assim procuraremos aumentar sempre essa disponibilidade para trazer mais segurança à população no atendimento”, acrescenta o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

Ainda segundo Fernando Erick, estudos mostram que uma Estratégia de Saúde da Família (ESF) eficiente deve atingir uma marca de 75% de cobertura. “Isso nunca foi feito na história do DF e será alcançado agora”, confirma.

“O DF nunca teve tantas equipes completas, tantos equipamentos e obras. Em 2019 a nossa cobertura girava em torno de 63% e pensar uma Atenção Primária que alcança 83% de cobertura é um grande avanço. O DF precisava muito disso e estamos realizando”, acrescenta o gestor.
 
Além do aumento da cobertura, o governo vai entregar outras UBSs em construção. Uma no Riacho Fundo II, uma em Ceilândia (QNR 2), uma no Vale do Amanhecer (Planaltina) e Buritizinho (Sobradinho II). Além da unidade entregue nesta quarta (11) no Paranoá Parque, em maio deste ano, o governo inaugurou uma UBS no Jardim Mangueiral.  
 
Obras citadas pelo governador Ibaneis Rocha

– UBS do Paranoá Parque
– Viaduto do Paranoá
– Duplicação da DF-250
– Revitalização da Avenida Paranoá
– Escola Técnica do Paranoá
– Construção de duas escolas no Paranoá Parque
– Construção de duas creches no Paranoá Parque

Com informações da Agência Brasília

A cidade do Paranoá está passando pela terceira fase de instalações de novas lixeiras feitas pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Serão 317 lixeiras ao todo que serão colocadas por toda a cidade. Os novos equipamentos têm uma chave de segurança, para evitar que os sacos sejam abertos indevidamente. Apenas os coletores conseguem abrir, recolher e colocar os novos sacos de lixo.

#MEI -Microempreendedores Individuais (MEI) devem regularizar dívidas até 31 de agosto. Para evitar que suas dívidas sejam cobradas na justiça, o MEI precisa quitar ou parcelar seus débitos até o fim deste mês.

#FiquePorDentro – Regularizando sua situação até 31/8, o MEI evitará a cobrança judicial da dívida inscrita e outras consequências como: deixar de ser segurado do INSS, perdendo assim os benefícios previdenciários, tais como aposentadoria, auxílio doença, dentre outros; ter seu Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) cancelado; ser excluído dos regimes Simples Nacional e Simei pela Receita Federal, Estados e Municípios; ter dificuldade na obtenção de financiamentos e empréstimos; entre outras.

#Entenda – A partir de setembro, a Receita Federal encaminhará os débitos apurados nas Declarações Anuais Simplificadas para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei) não regularizados para inscrição em Dívida Ativa. Essa dívida será cobrada na justiça com juros e outros encargos previstos em lei.

A equipe de trabalho da Administração Regional do Paranoá está dedicando-se à restauração da pintura da Capela São Geraldo, símbolo histórico da cidade. Já a Companhia Energética de Brasília (CEB) começou a fazer a instalação de novos postes e a substituição das lâmpadas antigas. Toda a iluminação do Parque será trocada.

A comunidade do Núcleo Rural Café Sem Troco recebeu do Governo do Distrito Federal um belo presente. Foi instalado o primeiro Papa-Lixo da região que ajudará a combater os impactos causados pela disposição inadequada de resíduos.

O SLU realiza os serviços de coleta dos resíduos sólidos domiciliares regularmente em toda Região Administrativa do Paranoá. Mas existem alguns lugares de difícil acesso impedem a entrada dos caminhões de coleta.

A alternativa para garantir a universalização dos serviços de limpeza urbana é a implantação de contêineres semienterrados, conhecidos como papa-lixo. O Café Sem troco fará parte das mais de 192 localidades no DF com tais equipamentos em operação.

A Capela São Geraldo é um símbolo da cidade do Paranoá, principalmente para os pioneiros que acompanharam sua construção na então Vila Paranoá. A igreja foi construída em 1957 e por três décadas foi o único local religioso da região. Em 1993 tornou-se patrimônio histórico e cultural.

O local ficou abandonado por um tempo e foi alvo de pichações e depredações. O que fez o Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, reunir uma força tarefa para fazer uma revitalização na Capela e em suas adjacências.

Com a instalação de um posto de vigilância e a troca da iluminação não só na área da Capela, mas em todo o Parque Vivencial, a intenção é que as famílias possam voltar a frequentar o local.

Órgãos participantes da força tarefa de revitalização:
– Secretaria de Estado de Governo;
– Subsecretaria de Políticas Públicas;
– Brasília Ambiental (Ibram);
– Companhia Energética de Brasília (CEB);
-Secretaria de Economia;
– Polícia Militar;
– Paróquia Santa Maria dos Pobres;
– Mitra Arquidiocesana de Brasília; 
– Administração Regional do Paranoá.

 

A décima caravana itinerante da Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF) desembarcou na Região Administrativa do Paranoá para consolidar ações que vão transformar o local numa rota do turismo em Brasília e a experiência do cidadão. Para isso, foi inaugurado o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e foram entregues carteiras nacionais do artesão, além de visitas a pontos de potencial valor turístico.

As atividades contaram com a presença da secretária do Turismo do DF (Setur-DF), Vanessa Mendonça, do administrador do Paranoá, Sérgio Damasceno, do representante do deputado Rafael Prudente, Francisco Lincoln, de artesãos, empresários e lideranças comunitárias.

O evento aconteceu nesta sexta-feira (30) e iniciou com a inauguração do CAT, que está localizado na sede da administração local e segue os padrões estabelecidos pela Setur, com atendimento diário das 9h às 18h, inclusive aos finais de semana e feriados. A Setur-DF implementou oito CATs nas regiões administrativas de Sobradinho I, Riacho Fundo II, Ceilândia, Brazlândia, Lago Sul, Guará, Fercal e Paranoá, além dos localizados na Casa de Chá, Aeroporto Juscelino Kubitschek, Rodoviária Interestadual, Torre Digital e nos Setores Hoteleiros Norte Sul.

O administrador Sérgio Damasceno destacou o trabalho da Setur-DF para fomentar o turismo do DF  e reconheceu que o CAT vai ser uma oportunidade do setor acontecer na região e levar desenvolvimento local.

“Hoje é um dia histórico. A comunidade ajudou a construir Brasília pela Barragem do Paranoá. Ter um Centro de Atendimento ao Turista significa muito pra nossa região. Pode parecer uma coisa simples, mas para as pessoas visionárias sabem do desenvolvimento que o turismo pode trazer, pois as cidades acontecem nas cidades por meio das administrações regionais. Assim, o turismo é aqui na ponta e o Paranoá é uma cidade histórica que merecia esse olhar da Secretaria de Turismo”, disse o administrador.

Paranoá na rota do turismo

Nesse sentido, a secretária Vanessa Mendonça ressaltou que a pasta trabalha seguindo a orientação do governador Ibaneis Rocha para trabalhar pela população, gerar emprego e renda e valorizar a cidade, colocando-a no lugar que é dela. “Com o trabalho desenvolvido pelo governador somos hoje reconhecidos como um dos destinos turísticos mais procurados”, afirmou.

“O turismo é o setor que mais emprega no Brasil e no mundo inteiro e estamos fazendo isso na nossa cidade. Brasília foi construída em mil dias com amor e com fé, por JK e muitos trabalhadores. Hoje somos a capital de todos nós e temos que honrar o suor desses homens. Por isso, estamos descentralizando o turismo do DF, categorizando os segmentos. Isso vai permitir que o Paranoá se apresente como destino turístico e as pessoas virão aqui conhecer as igrejas, as praças, a gastronomia e tudo o que a cidade pode permitir como experiência ao visitante ”, declarou Vanessa Mendonça.

A servidora da Administração da RA e pioneira na região, Isabel Alexandra, participou do evento e declarou seu carinho pelo local e a importância de um miniguia com as atrações locais. “Como moradora do Paranoá, nascida aqui na região considerada acampamento. Vejo hoje com alegria o cuidado com o nosso Parque Vivencial, que acolhe e recebe os moradores, é um local lindo que marca muito a nossa história. Falar de Paranoá, eu ficaria, talvez, o dia todo, a semana toda, a vida. Porque é uma vida onde a gente só tem que agradecer a oportunidade de passar esses ensinamentos aos visitantes”, falou a servidora.

Fungetur

Vanessa Mendonça destacou a importância do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) no fomento de atividades do turismo, inclusive o artesanato. O Fungetur estabeleceu uma linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo. “Estamos indo a cada uma das RA’s para falar desse recurso e colocá-lo à disposição da comunidade”, disse.

A subsecretária de Promoção e Marketing da Setur-DF, Daniele Faria Lopes, falou sobre a necessidade de se ter um novo olhar para reconhecer que existe muito mais turismo que pode fortalecer a identidade local. “A gente quer de fato que Fungetur chegue aqui no Paranoá, mas para ter acesso é preciso que sejam empreendedores da cadeia do turismo. Queremos as pessoas vindo para cá, para conhecendo a história, a gastronomia, a cultura, o artesanato, consumindo e gerando renda local. O turismo é uma indústria com alto poder de transformação e a população precisa se apropriar dos produtos do turismo”, finalizou Daniele Faria.

Carteira do artesão

Fechando a cerimônia de inauguração do CAT, a Setur-DF fez a entrega de 12 Carteiras Nacionais do Artesão. A secretária Vanessa Mendonça ressaltou que “a carteira é a certificação da qualidade do artesanato produzido e abre a oportunidade de o artesão participar de todas as feiras locais e nacionais”. Além disso, Vanessa colocou à disposição da comunidade artesã o caminhão do artesanato para levar a produção a todas as feiras das quais a secretaria participa, na cidade ou em outras cidades.

A artesã Taise Silva Dias trabalha com artesanato místico e religioso e foi uma das profissionais que receberam a Carteira Nacional do Artesão. Segundo a profissional, o documento representa o reconhecimento do seu trabalho.

“É uma alegria muito grande receber a Carteira do Artesão. É de grande importância porque abre as portas para feiras e grandes eventos, inclusive internacionais. Significa também o reconhecimento e a visibilidade que, como artesã, sempre procurei”, se orgulha Taise Dias.

Com informações da Secretaria de Turismo

A Companhia Energética de Brasília (CEB) está realizando a instalação de iluminação no principal balão de entrada da cidade. O objetivo é melhorar a visibilidade dos condutores que trafegam pela região e evitar possíveis acidentes.

A intenção é transformar o balão de entrada em um cartão postal do Paranoá. Reformas estão sendo feitas para que o espaço fique bonito da forma que o morador e seus visitantes merecem. Lembrando que um novo letreiro já foi instalado e contará com um belíssimo sistema de iluminação. 

A ação está sendo executada pelos servidores da Administração do Paranoá, que conta com o apoio do pólo de plantas, Nocacap e DOP do Itapoã, DER e CEB.

A limpeza urbana das vias públicas do Distrito Federal é um serviço essencial e faz parte das ações de saneamento básico realizada pelo GDF. Todos os serviços são realizados para que as cidades permaneçam sempre limpas e seguras. O termo de segurança aqui aplicado se refere à segurança da população de modo geral, mas sobretudo no âmbito da saúde. 

Esta será a semana da limpeza na cidade do Paranoá. E a Administração Regional receberá um reforço de peso para a realização das atividades: O Polo Leste de Máquinas. Serão 11 máquinas à disposição das equipes para realizarem esta força tarefa. Entre os serviços estão à retirada de lixo e entulho, arrumação dos campos de futebol e manutenção da jardinagem das áreas verdes.

Paranoá Parque
A limpeza e desobstrução das bocas-de-lobo são de fundamental importância para o bom funcionamento do sistema de drenagem de águas pluviais, por isso, o programa Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) está no Paranoá Parque auxiliando a equipe de trabalho da Administração Regional.

O sistema de Segurança Pública é primordial para a formação de uma sociedade desenvolvida onde o bem estar de seus cidadãos seja uma prioridade absoluta. Nesse sentido, o papel de profissionais habilitados no entendimento dessas problemáticas é essencial.

A Administração Regional esteve reunida com o Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Júlio Danilo, para tratar sobre ações que possam melhorar a Segurança Pública do Paranoá, sobretudo nas áreas rurais da região. 

O primeiro ponto a ser discutido foi à implementação de um quartel dos bombeiros na região rural do Paranoá.  A prioridade desse quartel será diminuir o tempo de resposta a incêndios florestais e socorros a comunidade, uma vez que, o Paranoá, tem a 2ª maior área rural do DF.

Foi discutido também um aumento de efetivo para Polícia Civil e Militar bem como a instalação de câmeras de segurança para o monitoramento da região urbana do Paranoá.

O que é e qual a função da Segurança Pública?
A segurança pública é a garantia da proteção aos direitos individuais de cada cidadão, fazendo com que possam exercer seu direito de cidadania em segurança, como trabalhar, conviver em sociedade e se divertir. 
Os responsáveis por essa proteção são órgãos representantes do Estado: as polícia federais, rodoviárias e ferroviárias, que respondem à União, e as polícias militares, civis e corpo de bombeiros, que são subordinados ao governo estadual.

Organograma RA-PAR

Organograma RA-PAR

 

Começa em 22 de fevereiro o prazo para os credores de precatórios em face do Distrito Federal aderirem a quinta rodada de acordo direto de precatórios.  

Os interessados em aderir ao acordo recebem o precatório antecipadamente, mediante deságio de 40% sobre o valor atualizado do precatório. 

Neste ano foram destinados R$ 200 milhões de reais para pagamento das propostas contempladas com o acordo direto.  

Veja quem pode aderir ao acordo: 

  • Os titulares de precatórios emitidos até o dia 31 de dezembro de 2019 e constantes da lista disponibilizada pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios. 

  • O(s) sucessor(es) por óbito de credor originário (meeiro, herdeiro, legatário, etc.) poderá́(ão) apresentar proposta desde que esteja(m) devidamente habilitado(s) mediante decisão judicial prévia expedida pelo juízo da execução, da qual conste o quinhão individualizado. 

  • Advogado ou procurador, que deve ser constituído mediante procuração pública específica, ou procuração particular com firma reconhecida, com poderes específicos para celebração de acordo perante a Câmara de Conciliação de Precatórios, lavrada há não mais que 60 dias da data de publicação do Edital. 

O protocolo do requerimento deve ser realizado pelo credor, procurador ou advogado no Portal www.acordoprecatorio.pg.df.gov.br/

Para efetuar o peticionamento devem ser, obrigatoriamente, anexados os seguintes documentos: 

a) Requerimento para Acordo Direto de Precatório, disponível no sítio www.acordoprecatorio.pg.df.gov.br/, devidamente preenchido; 

b) Documento de identificação oficial (RG) e CPF, se o(s) credor(es) for(em) pessoa física; 

c) Certidão simplificada emitida pela Junta Comercial (Cartório ou OAB), expedida no máximo 30 (trinta) dias da data da apresentação do requerimento, da qual conste o nome do representante subscritor da proposta se o credor for pessoa jurídica; 

d) Procuração pública ou procuração particular com firma reconhecida, que atribua ao advogado ou procurador poderes específicos para celebração de acordo perante a Câmara de Conciliação de Precatórios da Procuradoria-Geral do Distrito Federal, lavrada há não mais de 60 dias da data de apresentação da proposta, quando o credor se fizer representar por advogado ou procurador; 

e) Decisão judicial de habilitação dos herdeiros expedida no juízo da execução, com individualização do(s) respectivo(s) quinhão(ões) e cópia do(s) respectivo(s) documento(s) de identificação oficial dos herdeiros, do(s) qual(is) conste o número no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), quando for o caso. 

As eventuais dúvidas ou dificuldades no momento do preenchimento e do protocolo do requerimento poderão ser sanadas por meio do Chat, disponibilizado na página www.acordoprecatorio.pg.df.gov.br/, no período das 9h às 19h, em dias úteis. 

Mais informações em: www.pg.df.gov.br 

 

Nesta tarde o Comandante-Geral do CBMDF, Coronel Bomfim, recebeu a visita do Administrador do Paranoá, Tenente Sérgio Damasceno. O administrador agradeceu especificamente o apoio que têm recebido do CBMDF quanto aos cuidados com a população daquela cidade.

O momento foi oportuno para avaliar também a atuação da Corporação na abertura das comportas da Barragem, visto que, devido ao grande volume de chuva, foi aberta num nível maior que o habitual, afetando principalmente as comunidades ribeirinhas residente abaixo da Barragem do Paranoá. O sobrevoo da região antes da abertura da barragem, a conscientização das comunidades ribeirinhas, atuação nos alagamentos e socorro da comunidade estão entre as ações realizadas pela corporação nesta região.

“O Paranoá, apesar de ser uma área urbana, possui uma área rural extensa, somado ao apoio na fronteira com Minas Gerais, somando quase 80km de atuação. A minha preocupação é garantir um tempo-resposta cada vez mais eficiente para essa população. O Administrador Damasceno se destaca pelo seu conhecimento em Defesa Civil, sendo antenado com as demandas comunitárias, e pelo fato de ser bombeiro e possuir uma ligação próxima com o quartel da região. O atendimento fica bem mais fácil, destacou o Comandante-Geral.

Texto: www.cbm.df.gov.br/

 

A Administração Regional do Paranoá, recebeu em sua sede o vice-presidente do Olodum, Marcelo Gentil, para discutir a viabilidade de se trazer para o Distrito Federal a experiência sócio-educativa e pedagógica da Escola Olodum, que, de acordo com o Administrador, Sergio Damaceno, será concretizada por meio de uma parceria como a Associação Carnavalesca Grupo Cultural Obará.

O Obará tem como presidente e arte-educador, George Ângelo, que foi aluno da Escola Criativa Olodum no início dos anos 90 e, que realiza na região do Paranoá um trabalho cultural e social reconhecido e premiado em diferentes editais do Governo do Distrito Federal e também do Governo Federal.

O projeto quando implantado irá beneficiar a crianças adolescentes e jovens da região administrativa, qualificando-os para o mercado de trabalho nas áreas de arte, cultura e informática.

A Administração do Paranoá comprometeu-se em disponibilizar para a implantação do projeto um espaço no qual já funcionou um quartel do Corpo de Bombeiros, além de viabilizar a reforma e adequação do espaço físico, que funcionará, também, como um novo e promissor  espaço para grandes shows musicais na capital federal, em um espaço super privilegiado, em uma região que divide os Lagos Sul e Norte.

A parceria começará com a discussão de um Termo de Comodato entre as partes, por meio do qual o espaço será cedido ao projeto, para que as idéias sejam transformadas em realidade.

 

Fotos:

 

A Administração Regional do Paranoá realizou a entrega de cestas básicas (natalinas) para as famílias em situação vulnerável da cidade do Paranoá. Todas as cestas foram arrecadadas através da campanha “Nosso Natal”, idealizada pela primeira dama do Distrito Federal, Mayara Noronha.

Para cumprir os protocolos de segurança contra o coronavírus, a entrega das 600 cestas foi dividida em duas partes, sendo distribuídas metade na sexta-feira e 300 nesta segunda-feira. Um carro da Administração ficou de prontidão para ajudar os idosos e pessoas com deficiência a levarem suas cestas para casa. 

“Não há alegria maior para nós do que cuidar das famílias da nossa cidade. Ouvir as palavras de agradecimento nos renova para continuar trabalhando pela comunidade”, disse o Administrador do Paranoá, Sérgio Damaceno.

Sabe-se que a longevidade é uma garantia constitucional que deve ser respeitada e protegida, motivo pelo qual a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) produziu a Cartilha da Pessoa Idosa que apresenta e esclarece de maneira didática os direitos dos idosos e os deveres do restante da sociedade para com eles.

A Cartilha compreende, entre outros assuntos, as medidas de proteção, as políticas de atendimento, os crimes previstos no Estatuto do Idoso e os cuidados com golpes.

 

Cartilha_da_Pessoa_Idosa

 

Importante:

vacina antirrábica é obrigatória para cães e gatosCachorros devem receber a primeira dose aos 6 meses de idade, ou de acordo com a recomendação do médico veterinário responsável. Geralmente é ministrada uma semana após a primeira dose da óctupla e o reforço deve ocorrer anualmente.

 

Os Correios e a Administração Regional do Paranoá (DF) lançaram, nesta terça-feira (27), um canal de atendimento moderno e seguro para os moradores da região receberem diretamente os seus objetos postais: o locker Correios, um armário inteligente e exclusivo para entrega de encomendas.

A solução traz mais conveniência à população, principalmente para àqueles que não podem receber suas encomendas durante o dia ou quando o destino se trata de um condomínio sem portaria, por exemplo. Cerca de 6 mil famílias, moradoras do Paranoá Parque e Itapoã, por exemplo, passam a ser atendidas por mais este canal ágil e digital de atendimento dos Correios.

Com o locker, que tem capacidade de distribuição de até 40 objetos por dia, a expectativa é ampliar a efetividade da entrega e trazer maior comodidade àquela população.

Segundo o Presidente dos Correios, Floriano Peixoto, a instalação do terminal é a resposta da empresa à comunidade do Paranoá, que demanda um serviço público inovador e moderno. “O projeto que inauguramos aqui, hoje, está em sintonia com o que há de mais moderno no mundo: não estamos falando de uma tecnologia do futuro, mas do presente, e já em uso em diversos países. Esse projeto é, também, uma iniciativa dos Correios para promover a inclusão social e digital: em tempos de crescimento do e-commerce, popularização dos smartphones e aumento da conectividade, levar facilidade e conveniência às regiões afastadas dos grandes centros é uma prioridade para a empresa”, afirmou.

O chefe de Gabinete da vice-governadoria do DF, Paulo Cesar Chaves, prestigiou o lançamento e agradeceu, em nome do governador Ibaneis Rocha e do vice-governador Paco Britto, pela escolha da capital para o lançamento do projeto. “Essa ação fantástica dos lockers é uma solução que facilitará a vida de muita gente. Agradecemos os Correios pela iniciativa”, disse.

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente, reiterou a importância da parceria entre os entes públicos para atender aos anseios dos cidadãos. “A população está muito feliz. Estamos aqui, gestores e políticos trabalhando para entregar benefícios à população. A instalação do locker é uma conquista merecida para a comunidade do Paranoá”, concluiu o deputado distrital.

Para o administrador regional do Paranoá, Sergio Damaceno, a instalação do equipamento na cidade é uma importante vitória aos moradores. “Ao completar 63 anos de aniversário, o Paranoá tem muito a comemorar. Nesta semana de comemoração, nós recebemos esse grande presente dos Correios, o locker, essa novidade a nível nacional. A população do Paranoá, hoje, ainda não conta com agência dos Correios nem com a distribuição em todos os condomínios do Paranoá Parque, que possui, atualmente, 40 mil moradores. A nossa ideia, no futuro, é solicitar a implantação de uma agência na cidade, mas, até lá, o locker vem para facilitar a vida da população que precisa dos Correios”, disse o dirigente.

Vale ressaltar que o serviço não gera qualquer custo adicional aos destinatários, que poderão acessar gratuitamente o equipamento instalado na Administração Regional.

Os Correios ainda planejam lançar outros nove lockers no Distrito Federal, até janeiro de 2021. As cidades de Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras e São Sebastião poderão ser contempladas. Também está prevista para janeiro do ano que vem a instalação de outros 53 equipamentos no Rio de Janeiro.

Como retirar a encomenda – A população poderá acessar o locker instalado na Administração Regional, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e aos sábados, das 8h às 12h. Para utilizar o terminal de auto-atendimento, os destinatários precisam se cadastrar no IdCorreios, por meio do site ou aplicativo Correios. No momento de realizar compras na internet, ou para receber alguma postagem, é necessário indicar o CEP do locker, que neste caso é o número 71570-989, e o CPF ou CNPJ do destinatário, no campo “complemento” do endereço de destino.

Quando a encomenda for acondicionada em um dos compartimentos do locker, o destinatário receberá, por e-mail ou pelo aplicativo dos Correios, uma notificação com o código de acesso. O cliente tem três dias para fazer a retirada da encomenda. Para isso, basta apresentar o código recebido ao terminal, que o armário libera o acesso ao compartimento onde está a encomenda.

O lançamento do armário inteligente é mais uma iniciativa dos Correios que agrega agilidade, flexibilidade e tecnologia aos seus serviços, considerados essenciais pelos clientes, especialmente em tempos de pandemia.

Em caso de dúvidas e para mais informações, os clientes podem entrar em contato pelos telefones 3003-0100 e 0800 725 0100 ou pelo endereço http://www.correios.com.br/fale-com-os-correios.

 

Blitz do bolo

Com a ajuda do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran –DF) que direcionou e orientou os motoristas a seguirem ordenadamente para o Drive – thru do bolo, a Administração Regional entregou essa pequena lembrança  para todos os moradores que passaram pelo local. Um ato simbólico de comemoração pelos 63 anos do Paranoá, pois respeitando a orientações de saúde, não haverá festa de aniversário como nos anos anteriores.

 

Fotos:

 

 

O Administrador Regional do Paranoá, Sergio Damaceno, tirou a manhã desta quinta-feira para observar in loco o andamento de algumas obras que acontecem na cidade do Paranoá neste momento. A equipe de obras da Administração está dividida dando andamento na reforma da praça dos pioneiros, reforma do kit malhação ao lado da quadra Franksmar e aumento de algumas galerias de água pluvial na quadra 14 a fim de evitar vazamentos e entupimentos.

 

Fotos:

 

 

A Administração Regional do Paranoá realizou uma ação de vistoria na feira permanente da quadra 26 a fim de atualizar as documentações necessárias para o pleno funcionamento de todos os boxes. Cada feirante foi convidado a apresentar o Termo de Autorização de Uso, expedido pela Secretaria das Cidades – SECID, bem como os comprovantes de pagamentos de preço público de taxa de ocupação e taxa de rateio, referente à ocupação do box.

Nas bancas que estavam fechadas foi colocada uma “Notificação para Comparecimento” para que o responsável se dirija a Administração Regional portando todos os documentos necessários, nas datas 28 e 29 de outubro de 2020.

 

A Administração Regional do Paranoá na tarde de hoje retirou da entrada do KM – 8,5 (setor de chácaras do Paranoá) uma quantidade considerável de lixo e entulho que estavam acumulados. A RA tem feito um trabalho de conscientização junto aos moradores sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação de pragas e mosquito da dengue. Lixo e entulho acumulados a céu aberto podem causar doenças à população.

 

A Administração do Paranoá iniciará a reforma da praça da quadra 2 da cidade também conhecida como praça dos pioneiros. As equipes da RA juntamente com máquinas e caminhões se deslocaram nesta manhã de segunda-feira para local, mas as chuvas impediram o trabalho. O Administrador da cidade, Sergio Damaceno, aproveitou a ida in loco para ouvir a população que ficou curiosa com a movimentação. Os serviços consistem em troca das PECs, poda de árvores, reforma de calçada, reforma do parquinho infantil, retirada de entulho e demais serviços que beneficiem a comunidade.

 

O Paranoá está completando 63 anos e quem ganha o presente é você morador. A Administração Regional será palco de um evento que contará com incríveis novidades. Confira abaixo:

✅Inauguração do Locker: O primeiro armário inteligente do Brasil, resultado da parceria entre a Administração e os Correios;

✅Drive Thru do bolo: Foram encomendados 240 kg de bolo para serem entregues no sistema de drive thru. Venha buscar seu pedaço;

✅O kit malhação localizado ao lado da quadra Franksmar, foi reformado e coberto e será inaugurado também neste dia;

✅E você morador, poderá acompanhar tudo isso através da nossa Live que será transmitida pelo Facebook e Instagram da Administração do Paranoá.

📣Importante: Tome todas as precauções neste momento, a pandemia ainda não acabou. Siga todos os protocolos de segurança, use máscara e preserve vidas.

 

 

 

A equipe técnica da Administração Regional do Paranoá esteve em reunião com a Secretaria de Governo do Distrito Federal para tratar da criação do parque das esculturas. O projeto ainda está no papel, mas todas as diretrizes já estão prontas e o espaço já foi definido. Após percorrer as instancias necessárias de tramitação se iniciará a parte prática.

 

O Administrador Regional do Paranoá, Sérgio Damaceno, participou de uma reunião com a Secretaria de Saúde do DF para viabilizar o projeto de ocupação da área de galpões (antiga feira permanente) que está disponível na cidade. A intenção é tornar o espaço referência em todo do DF com a implantação de um CER – Centro Especializado em Reabilitação. Também está sendo estudado a construção de um CAPS – Centro de Atenção Psicossocial e um CEO – Centro de Especialidades Odontológicas.

 

Uma calçada considerada adequada é aquela que garante o caminho livre, sem obstáculos e confortável para todos. Pensando nisso, a Administração Regional do Paranoá está realizando a manutenção das calçadas da cidade. As obras visam entregar ao morador da comunidade um espaço de qualidade para sua circulação, levando em conta a acessibilidade, largura adequada, fluidez, continuidade e segurança.

 

A Administração Regional do Paranoá realizou a entrega das doações arrecadadas para a campanha “Vem Brincar Comigo”, da primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha. Foram mais de mil (1000) brinquedos distribuídos para as crianças do Paranoá e Paranoá Parque. Devido à pandemia de coronavírus, todos os protocolos de segurança foram tomados, inclusive, foram distribuídas senhas para cada família para não haver aglomerações nas retiradas dos brinquedos.

 

A Administração Regional do Paranoá segue a todo vapor na realização de obras na cidade. A equipe da RA está realizando o aumento de algumas galerias de águas pluviais na lateral par para evitar vazamentos e entupimentos. A Administração entende o papel fundamental que esses mecanismos têm para a manutenção da infraestrutura da cidade do Paranoá.

 

A Administração Regional do Paranoá está realizando a roçagem dos ambientes públicos da cidade deixando no tamanho ideal a grama e o capim, para que a população tenha condições de higiene e sobrevivência, pois assim são evitadas aglomerações de insetos e roedores e com isso diminui o índice de doenças causadas.

 

A Administração Regional do Paranoá está realizando a retirada dos entulhos acumulados na cidade. Com o processo de urbanização crescendo, o número de obras e do lixo em geral também aumenta. Surge, com isso, uma crescente preocupação da Administração do Paranoá com o destino do entulho gerado. Esta ação visa combater as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti (dengue, zika e chikungunya).

 

A Administração Regional do Paranoá está com a equipe de manutenção das áreas rurais compactando as estradas do núcleo rural Tamanduá. Após a motoniveladora planar as estradas, o caminhão pipa está fazendo a compactação do terreno com água. Dessa forma, os moradores da comunidade poderão fazer uso de uma estrada com a qualidade que merecem.

 

A Administração Regional do Paranoá está fazendo o rebaixamento dos meios-fios da praça central tornado o espaço mais acessível para as pessoas com mobilidade reduzida. O termo acessibilidade significa “ter acesso”. Ele se refere à inclusão de pessoas com algum tipo de dificuldade motora ou deficiência nos espaços urbanos. Está obra da Administração visa eliminar barreiras ao acesso dessas pessoas e, assim, garantir conforto e segurança para que elas consigam usufruir dos benefícios da cidade.

 

A Administração Regional do Paranoá está realizando a limpeza das bocas-de-lobo da cidade do Paranoá. O serviço tem por objetivo garantir o perfeito escoamento das águas pluviais e impedir que o material sólido, retido durante as chuvas, seja levado para os ramais e galerias. O sistema manual de limpeza é o mais utilizado e atende eficientemente às necessidades de serviço.

Computadores doados para os alunos 

 

O Administrador Regional do Paranoá, Sérgio Damaceno, esteve hoje, 9 de setembro, na Escola Classe Cora Coralina, situada no condomínio Entrelagos, participando da entrega de 17 computadores, feita pela startup 4 Hábitos, para alunos da rede pública de ensino do Paranoá.

As máquinas foram doadas pela Escola Americana de Brasília, mas antes de chegarem aos beneficiados os computadores passaram por um processo de recondicionamento feito pela ONG Programando o Futuro, responsável pela recuperação de computadores doados para as escolas públicas do Distrito Federal.

"O Administrador estava sensível a situação, buscou parceria na startup 4 Hábitos, fez contato com as direções de escolas e conseguiu levantamento de famílias que necessitavam de máquinas para que seus filhos participassem das aulas online", disse a vice diretora, Andrea Moura.

Essa primeira ação de doação surgiu da parceria entre a startup 4 Hábitos e a Administração do Paranoá. Mas a campanha continua e para isso, a startup mantém mais de 20 pontos de coleta de doações espalhados pelo DF.

"Essa campanha foi feita para promover a inclusão digital e reduzir as desigualdades dos alunos e prevenir um desastre social. A sensação que tivemos hoje foi que ajudamos 20 sonhos a continuar", disse Ana Maria Arsky, fundadora da startup 4 Hábitos.

 

Fotos:

Domingo da Gente é uma opção segura para comunidade em tempos de pandemia

 

Na manhã deste domingo (05) a Administração Regional do Paranoá inaugurou mais um espaço de atividades físicas para os moradores da região. O projeto “Domingo da Gente”, a partir de hoje, segundo o decreto Nº 40.911, assinado pelo Governador do DF, Ibaneis Rocha, acontece semanalmente de 7h00 às 17h00, na via que divide o Paranoá e o Paranoá Parque.

O espaço de 1100m foi escolhido estrategicamente por ser amplo, ter calçadões por toda extensão nas duas extremidades, podendo ser usado por vários atletas de forma segura, respeitando o distanciamento. Além de contar com uma bela vista para ponte Juscelino Kubitschek e para o Lago Paranoá, a via é de fácil acesso tanto para os moradores do Paranoá quanto do Paranoá Parque.

“Estou muito feliz por estar aqui, apesar do momento que enfrentamos, todas nossas ações são tomadas a fim de cuidar da comunidade. Estamos dando as pessoas mais uma opção para que não haja aglomeração e proliferação desse vírus terrível”, disse o Administrador do Paranoá Sérgio Damaceno.

Neste primeiro dia a pista foi utilizada por diversas pessoas da comunidade, os corredores, aqueles que apenas caminhavam, ciclistas, patinadores, pessoas com animais de estimação e várias famílias com crianças aproveitando o amplo espaço. A Administração do Paranoá aproveitou para fazer distribuição de máscaras para quem passava pelo local.

A pista também foi utilizada por profissionais da cidade para realizar treinos como a campeã Pan-Americana ,Gabriele de Souza Muniz e a campeã brasileira dos 1000 metros com obstáculos, Amanda de Souza. “O Governo do DF e a Administração do Paranoá estão desenvolvendo um trabalho brilhante junto à comunidade. Esse espaço será fundamental para nós e para os nossos atletas também”, disse Gilvan Ferreira, professor de educação física e treinador.

O DETRAN esteve presente fazendo um trabalho de educação e conscientização da população em relação ao trânsito e principalmente sobre a Lei Seca que completou 12 anos no último dia 19 de junho. “Nosso trabalho de conscientização não é só com os adultos, mas também com as crianças, faremos a entrega de kits educativos com materiais infantis, pois também nos preocupamos com as gerações futuras”, disse Miguel Videl, chefe do núcleo de campanhas educativas de trânsito do DETRAN.

O evento contou com a presença de Janaina Soares, nutricionista clínica, e Luana Martins, nutricionista esportiva, que orientaram, de forma gratuita, a população presente quanto aos males da obesidade e como aumentar a imunidade, com a ajuda de alimentos saudáveis, e assim, combater a proliferação do coronavírus.  

O Domingo da Gente veio para ser mais uma opção de espaço para prática de atividades físicas de forma segura nestes tempos de pandemia, mas a ideia é fazer um espaço também para lazer e cultura quando tudo estiver normalizado.  

O evento de abertura contou a com a participação de importantes órgãos do Governo do DF, em especial de Paulo Cesar Chaves, chefe de gabinete da vice-governadoria, representando o Vice-Governador Paco Britto. Participaram também a Polícia Militar do DF (PMDF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Departamento de Trânsito do DF (DETRAN), lideranças e membros da comunidade.

 

Fotos:

Atenção Comunidade do Paranoá! O Governador Ibaneis, após mais de 30 anos de muita  espera,  tomou a decisão histórica de regularizar o Paranoá. Todos os moradores terão a sua escritura. O Decreto n° 40.909/20  é específico para o Paranoá e não se aplica a outra Cidade (SÓ É PARA O PARANOÁ, OUTRAS CIDADES TERÃO LEGISLAÇÃO CONFORME SUA REALIDADE ),  O paranoá  é um local de pioneiros que ajudaram construir Brasília . Quem recebeu o seu lote do então Governador Roriz e usa para interesse de moradia não vai pagar nada. Veja abaixo os esclarecimentos oficiais da CODHAB que será a responsável pelo processo de regularização. 
ESSA É A VERDADE!

Ação tem por objetivo conscientizar os moradores

 

Na manhã de hoje, terça-feira, dia 12, teve início na cidade do Paranoá uma blitz educativa para conscientização da população local sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras para a prevenção do coronavírus.

A ação foi coordenada pela Secretaria de Estado de Governo do Distrito Feral (SEGOV) e executada pelo DF Legal com apoio da Administração Regional e do Corpo de Bombeiros Militar.

As equipes percorreram toda a avenida central da cidade conscientizando e orientando os moradores da importância do uso do equipamento para conter a proliferação do vírus.

Foram distribuídas máscaras para quem ainda não possuía e para àqueles que tinham o material descartável, já que as máscaras distribuídas pelo GDF são laváveis e reutilizáveis.

Como esta ação tem como objetivo conscientizar e informar, não serão aplicadas, neste primeiro momento, multas para quem for pego transitando em local público sem o uso da máscara.       

 

Fotos:

Todos os carros abandonados da cidade serão recolhidos

 

A operação do Governo do Distrito Federal “DF Livre de Carcaças” chegou ao Paranoá para recolher os carros abandonados que estavam espalhados pelas ruas da cidade colocando em risco a saúde pública dos moradores da comunidade. 

O objetivo da ação é retirar as carcaças abandonadas das ruas para que elas não sirvam de abrigo para delinquentes ou ponto de uso e consumo de drogas sem contar o grande potencial de criadouros para as larvas do mosquito da dengue.

A coordenação da operação fica a cargo da Secretaria de Segurança Pública – SSP/DF, que conta com o apoio da Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde – DIVAL, DF Legal, Departamento de Trânsito – Detran/DF, Polícia Militar do Distrito Federal – PMDF.

A Administração Regional do Paranoá tem papel importante para o andamento da operação na cidade, isso porque foi feito todo um mapeamento prévio identificando os locais onde havia carros abandonados o que facilitou o andamento das ações.

Com as carcaças recolhidas no dia de hoje no Paranoá já são mais de 240 desde o início da operação que abrange todo o DF. Segundo o Coordenador dos Conselhos Comunitários de Segurança do DF, Marcelo Batista, a ação tem deixado às ruas mais limpas, seguras e livre de doenças. “Nós já temos mais de mil carcaças mapeadas por todo DF e o intuito é recolher todas elas em no máximo 3 meses. E nosso intuito é tornar essa ação contínua para recolher eventuais carcaças que aparecerem nas regiões administrativas”, disse ele.

Após recolhidas às carcaças estão sendo levadas para o 3º Distrito do DER, próximo a Samambaia, onde é feito o controle vetorial, ou seja, série de métodos usados para eliminar insetos ou outros animais artrópodes causadores de doenças, escondido nas carcaças. Está sendo estudada a possibilidade de prensar todas as carcaças e levar os materiais a leilão, para que toda a renda arrecadada seja revertida para implementação de novas operações. 

Abandono

Considera-se a situação de abandono o veículo sem portas ou com vidros quebrados, havendo acúmulo de lixo ou água em seu interior; ausência de rodas, motor ou outros componentes mecânicos, impossibilitando o deslocamento com segurança por seus próprios meios; queimado total ou parcialmente; parte estrutural da lataria com danos irreparáveis e resultado de vandalismo ou depreciação voluntária. Somam-se a isso os evidentes sinais de colisão ou ferrugem, a impossibilidade de identificação do proprietário ou do veículo e o visível e flagrante mau estado de conservação.

Fotos

Há pelo menos 14 anos alguns moradores da região Administrativa do Paranoá vinham sofrendo com transtornos causados por erros referentes aos endereços de suas residências. Os Proprietários não recebiam suas cartas pelos correios e principalmente os boletos para pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU).

Por muito tempo os moradores alegavam que os endereços haviam sido alterados, mas foi constatado in loco pela Administração do Paranoá e através de levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação-SEDUH e a Companhia Imobiliária de Brasília-Terracap, que geograficamente estava tudo certo com os imóveis.

Para solucionar o caso a Administração do Paranoá entrou com o pedido junto a Secretaria de Estado de Economia – SEEC e conseguiu que os endereços fossem modificados, o que beneficiou, por exemplo, o Sr. Edvaldo Pereira dos Santos, morador da quadra 6 do Paranoá.

“Há mais de 14 anos eu tinha esse problema e graças a Deus agora está tudo bem. Sou idoso e tenho problemas físicos é ruim ter que sair toda hora para resolver isso. Queria agradecer o administrador, Serginho, por se preocupar com a gente.” disse ele.

Uma vez que os endereços estão corretos, foram normalizados os serviços dos correios e do IPTU, que agora, vem corretamente no nome do proprietário do imóvel para pagamento na data certa.

Atenção para as informações abaixo:

Com objetivo de atender com mais eficiência e celeridade os moradores da cidade do Paranoá, a Administração Regional dispolibiliza os seguintes canais para atendimento durante o período de teletrabalho:

 

Atendimento geral: 9 9218-1219 (Whatsapp)

Email: ascomravii@gmail.com

 

Para registrar sua demanda por meio da Ouvidoria, basta ligar para o número 192 ou acessar o site www.ouv.df.gov.br.

Evento de lançamento aconteceu na quadra coberta da cidade

 

A Administração Regional do Paranoá lançou na noite de ontem o programa “Mude que a Cidade Muda” com o intuito de construir junto com a comunidade local uma conscientização comum acerca do acúmulo e descarte de lixo na cidade. O evento contou com grande participação da população.

Apesar das várias iniciativas implantadas desde o início desta nova gestão, a Administração Regional ainda sentiu a necessidade de um maior envolvimento e de ações mais estratégicas para conseguir erradicar os problemas advindos do descarte errado do lixo.

“Queria agradecer a toda comunidade e lideranças presentes, o fato de estarem aqui mostra interesse em melhorar nossa cidade”, disse o Administrador do Paranoá, Serginho Damaceno.

Com a implantação do programa o Paranoá tem a intenção de ser modelo para o Distrito Federal no que diz respeito ao lixo produzido na cidade e educar a população de forma clara reafirmando que, cada morador é responsável pelo seu lixo.

“Nós precisamos da comunidade junto conosco. Não adianta fazer projetos e ter ideias se a população não se sente parte desse processo. Precisamos de vocês para ter sucesso”, disse Josiane Freitas, uma das idealizadoras do projeto.

Em dezembro passado a Administração Regional fez um levantamento detalhado, juntamente com o SLU e DF Legal, para identificar os pontos da cidade com mais problemas com o lixo. O projeto baseia-se na conscientização dos moradores, mas em um segundo momento, quem descumprir a lei poderá ser multado.  

Uma das saídas encontradas pelo programa para o não acúmulo de lixo será através da criação de pontos de recolhimento em lugares estratégicos da cidade. Também já está autorizada a construção de seis papa lixos semi enterrados para área urbana.

A Administração do Paranoá ganhou dois veículos, que seriam leiloados, para fazer as rotas de fiscalização pela cidade em apoio ao trabalho do DF Legal. Eles ainda passarão por alguns ajustes antes de começar as atividades.  

O evento também contou com representantes do Governo do Distrito Federal, cooperativas, lideranças e pessoas da comunidade.

 

Fotos:

Terracap recebeu as diretrizes de como será solucionado o problema fundiário da cidade

 

O Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, buscando agilizar a solução para regularização fundiária da cidade do Paranoá, está disposto a oficializar um acordo judicial no Tribunal Regional Federal. Ele garantiu que as escrituras dos lotes serão entregues pelo seu governo em 2020.

Milhares de famílias não possuem registros de suas casas, não tem “habite-se” e o comércio passa pelo mesmo dilema de não poder se desenvolver para gerar renda e emprego para a população. Até os equipamentos públicos do governo como prédios de hospitais, escolas, delegacias de polícia e outros não possuem alvará de construção.

O Paranoá e o Itapoã estão em cima de uma gleba de terra particular de 1.371 hectares, pertencente ao espólio de Sebastião de Sousa e Silva, com registro feito na transcrição n° 1.855, do Livro nº 3 de janeiro de 1.924, na Comarca de Luziânia, GO. Em 1975, o registro foi transferido para o Cartório do 2º Ofício de Registro de Imóveis do DF, onde está matriculado sob n° 12.980.

Durante o governo passado, a Terracap que se dizia dona da área, no entanto  não conseguiu provar dentro de um processo judicial transitado em julgado no TRF 1ª. Região.

O Conselho Especial do Superior Tribunal de Justiça determinou o bloqueio da matrícula impedindo a regularização fundiária da área sem antes um acordo com os legítimos proprietários.

Conhecedor profundo do imbróglio, que impede a outorga de escrituras, o Governador Ibaneis Rocha, garantiu que as cidades do Paranoá e Itapoã serão regularizadas no próximo ano.

Ao celebrar o acordo na Justiça Federal, conforme determinação do Governador, serão regularizados 6.260 habitações unifamiliares (destinadas a uma só família), 487 imóveis de uso misto, 758 imóveis comerciais, 01 posto de combustíveis, 29 imóveis para entidades religiosas, 12 lotes institucionais, 55 equipamentos públicos comunitários e um parque urbano com 39,07 hectares.

Ouça o que disse o governador sobre a regularização do Paranoá:

 

Força tarefa atuará também em toda a cidade

 

A Administração Regional do Paranoá em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana –SLU e a Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística – DF LEGAL, realizaram na Avenida Transversal lado ímpar do Paranoá uma ação de conscientização do descarte de lixo.

O objetivo da força tarefa, projeto piloto no Distrito Federal e que pode ser ampliado para outras RAs, é mobilizar a comunidade para que aja um despertar para uma consciência ambiental, necessária para a conservação de um ambiente sem lixo.  

Os comerciantes e moradores da região receberam orientações acerca de como acondicionar o lixo de forma correta e o local correto de descartá-lo. Pontos comuns de descarte na avenida foram indicados para a retirada do SLU.

A atividade foi dividida em 3 etapas, sendo esta primeira o momento de conscientização, na segunda fase do processo o DF LEGAL realizará uma fiscalização e a terceira etapa, diz respeito as multas para àqueles que não cumprirem a Lei vigente, que podem chegar a até 20 mil reais.

A Administração do Paranoá entende que o lixo é um problema ambiental que aflige o mundo todo. Com o aumento da população, cresce também a quantidade de lixo produzido. A educação sobre os resíduos, então, é de extrema importância para conservarmos o meio ambiente e os recursos naturais.

 

A cartilha

Desenvolvida para dar orientação a população e comerciantes acerca do acondicionamento e descarte do lixo, os horários corretos e as multas vigentes para quem descumprir a Lei.

  

 

Fotos:

Obra beneficiará ônibus escolar que passa pelo local

 

A Administração Regional do Paranoá constantemente realiza obras de manutenção das estradas rurais da região para melhorar a acessibilidade para a população. Desta vez, diligência foi em uma área escolar do Núcleo Rural Rajadinha, na DF-130. 

A equipe da Administração começou a colocar as manilhas no início da semana passada e terminou os serviços na segunda-feira, dia 19. Além das manilhas, a estrada foi recuperada com serviço de patrolamento, melhorando a área de circulação de veículos.

A estrada sofria com alagamentos por conta das enxurradas causadas pela chuva, o que impossibilitava o trânsito dos ônibus escolares que levam as crianças para as escolas da região.

Os sistemas de drenagem têm por objetivo escoar as águas das chuvas para evitar enchentes, principalmente nos pontos de relevo mais baixo. A drenagem em manilhas de concreto é indicada para drenar grandes áreas e maiores volumes de água.

 

Fotos:

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SDE/DF) faz Chamamento Público para credenciamento de Microempreendedores Individuais – MEI, para prestação de serviços de eletricista, bombeiro hidráulico, pintor, pedreiro, chaveiro, jardineiro, serralheiro, técnico em informá_ca e técnico em eletroeletrônicos, para execução de pequenos reparos em prédios públicos u?lizados pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal – SEE/DF, nas Regiões Administra?vas do Distrito Federal. Abaixo, segue na íntegra o conteúdo do chamamento público:

EDITAL DE CHAMAMENTO PUBLICO.

Todos os equipamentos do Paranoá que podem oferecer cuidado e atendimento às mulheres serão envolvidos no projeto

 

Na ultima terça-feira, para um auditório lotado de moradores da cidade do Paranoá, foi lançado programa Jornada Zero Violência Contra Mulheres e Meninas. O projeto foi idealizado pela Secretária da Mulher, Éricka Filippelli e conta com apoio de diversos órgãos do Governo.

“Precisamos trilhar uma jornada juntos, para combatermos diariamente todos os tipos de violência contra a mulher. O Jornada Zero é um percurso com começo, meio e fim e não aceitaremos nada menos que uma cidade livre de violência doméstica como nossa meta mobilizadora”, disse a Secretária da Mulher Éricka Filippelli.

 

O administrador Regional do Paranoá, Serginho Damasceno, falou sobre a importância de levar esse debate para as regiões administrativas do Distrito Federal. “É chegada a hora de trabalhar pela vida das mulheres da nossa cidade”, pontuou.

A delegada-chefe da 6ª Delegacia de Polícia, Jane Klebia, falou da importância do Jornada, que, segundo ela, é uma pedra inicial na construção de um movimento que busca a justiça, o respeito e a vida plena para as mulheres. “Precisamos juntar forças para levar o discurso de enfrentamento à violência contra as mulheres para toda a sociedade”, afirmou.

O programa Jornada Zero Violência criado pela Secretaria da Mulher em parceria com o Fundo de Populações da ONU, que tem como finalidade a mobilização da sociedade e a articulação de toda a rede de enfrentamento para o combate ao feminicídio e todas as formas de violência contra mulheres e meninas.

O Jornada Zero apresenta uma meta ousada quando se refere ao “Zero”, justamente para reforçar que esse é um marco mobilizador que o Governo e toda a sociedade precisam perseguir, já que estamos falando de mortes violentas de mulheres pelo simples fato de serem mulheres.

De 2015 a dezembro de 2018, de todas as vítimas de feminicídio, 72,8% não procuraram os equipamentos do Governo. 84% dos casos de feminicídio ocorreram dentro da residência das vítimas. No Paranoá, de janeiro a julho de 2019, foram registradas 277 denúncias. 

Fotos:

A implantação do Programa Jornada Zero deverá ser realizada em três encontros

 

A Administração Regional do Paranoá participou hoje, 01, de uma reunião com a Secretária da Mulher, Ericka Filippelli, e vários equipamentos que cuidam das mulheres que sofrem violência, como o Pró-Vítima e Pró-Vida, com o objetivo de criar uma rede ampla de proteção às vitimas de violência doméstica.

Foi anunciado o Programa Jornada Zero Violências Contra Mulheres e Meninas que foi criado em parceria com o Fundo de Populações da ONU, que tem por objetivo a mobilização da sociedade e articulação de toda a Rede de Enfrentamento para o combate ao feminicídio e todas as formas de violência contra as mulheres e meninas.

O programa apresenta uma meta ousada quando se refere ao “Zero” justamente para reforçar que esse é um marco mobilizador que o Governo e toda a sociedade precisam perseguir já que estamos falando de mortes violentas de mulheres.

“Nossa intenção, por mais que seja difícil, é acabar com a violência contra todas as mulheres. Esse é meu sonho”, disse a Secretária da Mulher, Ericka Filippelli.

O Administrador Regional do Paranoá, Serginho Damaceno, entendendo a importância do assunto, colou a Administração à disposição para que o projeto seja implantado com eficiência. “Não podemos apenas reclamar, vamos nos unir e agir. Esse é um trabalho para salvar vidas”, ressaltou.

A expectativa é que o Paranoá seja a primeira cidade a receber o programa Jornada Zero. Serão três fases de implantação:

  1. Encontro e mobilização: Reunião com a comunidade local para apresentação do programa.
  2. Construção da jornada lúdica: Escolha das lideranças que farão visitas a cada um dos equipamentos de atendimento e acolhimento a mulher.
  3. Encontro e engajamento: Retorno a comunidade em que se apresenta o Jornada Zero.

O programa conta também com o apoio da Secretaria de Governo, Secretaria de Cidades, Casa Civil, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria de Saúde, Secretaria de Desenvolvimento Social e Secretaria de Justiça.

Fotos:

Na manhã de hoje, 27, a Administração Regional do Paranoá lançou mais um dos seus projetos inovadores. A Central de Recuperação de Parquinhos, que irá agilizar as demandas dos parques infantis, uma vez que, uma viatura com equipe qualificada estará de prontidão para resolver de forma rápida, eventuais problemas nestes equipamentos públicos.

O espaço fica localizado na Diretoria de Obras do Paranoá – DIROB, e conta com todo material necessário para os reparos nos parquinhos, desde ferramentas manuais a máquina de solda, serra elétrica, esmeril, furadeira, torno e uma bancada solida para materiais pesados como balanços e escorregadores.   

“Quem olha de longe pode achar que é um barracão simples, mas que será muito importante para as crianças da nossa comunidade. Esse projeto foi idealizado para soluções rápidas”, disse Serginho Damaceno, Administrador Regional do Paranoá.

O Administrador ainda afirmou que, o problema da cidade não é o abandono dos equipamentos públicos, mas a falta de manutenção, visto que, a tinta dos parquinhos permanece a mesma de 13 anos atrás, fruto das obras de sua primeira passagem como Administrador da cidade. “Tudo que não tem manutenção estraga”, disse.

O projeto de recuperação foi bastante elogiado pelas autoridades presentes. A ideia é que, está ação contínua possa ser espalhada por outras RAs do Distrito Federal.

“Em nome do vice-governador, Paco Britto, venho saudar esta iniciativa que é muito importante para esta cidade. Vocês estão surpreendendo na forma de administrar, parabéns”, disse Adalberto Roure, representante do Governo Federal.   

Os reparos serão feitos da seguinte forma, através das demandas recebidas pela ouvidoria da Administração, a viatura com uma equipe de cinco funcionários se deslocará ao local para avaliar in loco as avarias do parquinho.

Algumas praças da cidade, com parquinhos muito deteriorados, serão inclusas nos projetos de requalificação desenvolvidos pela Administração, que tem o objetivo de revitalizar e dar novas funcionalidades para as praças, inclusive aos parquinhos que, contarão com acessibilidade para deficientes físicos.

A Cidade do Paranoá possui praças em quase todas as suas quadras residenciais, são 44 praças, quase todas elas possuem parquinhos infantis. A Administração Regional entende a necessidade de manter funcionando esses espaços saudáveis de convivência e diversão para comunidade. 

 

A viatura

Foi adquirida através de doação do Corpo de Bombeiros Militar. O veiculo estava indo a leilão como inservível, mas com a ajuda dos empresários da cidade foi totalmente transformada para ser peça importe no desenvolvimento do projeto.  

 

Fotos:

A Administração Regional do Paranoá criou o Comitê de Transporte da cidade para atender as demandas da comunidade local. Juntamente com o crescimento da população, a qualidade do transporte também deve aumentar para que o cidadão tenha um atendimento digno.

O Comitê de Transporte é um instrumento de utilidade pública, um canal entre a população e os órgãos competentes ligados ao transporte que de fato resolverão as demandas da cidade.

O cidadão deverá procurar pelo Comitê para resolução de vários problemas como: Aumento de linhas de ônibus, construção de quebra-molas, paradas de ônibus, acessibilidade, faixa de pedestres dentre outros.

A Administração Regional entende que, o transporte público do Paranoá requer uma atenção especial. O Administrador Serginho Damaceno, fez os trajetos das linhas de ônibus em loco e observou vários aspectos a serem melhorados.

Abaixo, segue publicação do Diário Oficial do Distrito Federal na data de hoje (25/09/2019):

A Administração Regional do Paranoá recebe na próxima sexta-feira (27) um evento realizado pelo PRÓ-VÍTIMA, programa de atendimento de psicologia e de assistência social, voltado a vítimas de violência doméstica, intrafamiliar, psicológica, física, sexual e institucional. 

O público alvo do evento são mulheres em situação de vulnerabilidade que são ou já foram vítimas de violência. Serão dadas palestras com o objetivo de conscientizar a população acerca do tema e intensificar o combate da violência contra a mulher.  

 

O QUE É O PRÓ-VÍTIMA? 

Assistência jurídica, social e psicológica as vítimas de violência, proporcionando a valorização da pessoa vitimada; excelência no atendimento e a contribuição para o desenvolvimento social da sociedade.

 

COMO PROCEDER?

O ingresso no programa de apoio às vítimas de violência – PRÓ-VÍTIMA. Dar-se á:

Espontaneamente: a vítima de violência poderá procurar e ser atendida em qualquer um dos postos do programa, independente do seu local de residência;

Por meio de encaminhamento: a vítima de violência poderá ser encaminhada ao programa por alguma autoridade, pessoa da comunidade, amigos e parentes a fim de ter acesso à atenção multidisciplinar;

Por resgate: por intermédio de uma parceria do Pró-Vítima com a Polícia Civil do Distrito Federal, foi disponibilizado o acesso aos Boletins de ocorrências de crimes violentos registrados nas delegacias do Distrito Federal.

Diretamente: de forma discricionária, o Pró-Vítima poderá entrar em contato com as vítimas de violência de casos noticiados por meio da mídia.

De posse dos dados das vítimas de crimes de violência, a equipe entra em contato e oferece o serviço de atendimento jurídico, psicológico e assistência social. Os serviços de apoio às vítimas de violência – PRÓ-VÍTIMA – são gratuitos para qualquer pessoa, indistintamente, e o atendimento se estenderá pelo tempo necessário, desde que a vítima tenha interesse no acolhimento do programa.

 

Serviço:

Data: 27/09/2019

Horário: 14h às 17h

Local: Auditório da Administração Regional do Paranoá

Soluções para o compartilhamento de dados, maior eficiência e economia no planejamento e na administração dos empreendimentos realizados.

A Secretaria Executiva das Cidades realiza no dia 26 de setembro, no auditório do CREA-DF, em Brasília, o evento “Compartilhamento de Dados BIM entre Órgãos do Governo do Distrito Federal”.

Realizado com o apoio da Pro-Systems, líder em consultoria para tecnologias BIM, CAD e GIS no Distrito Federal, e da Autodesk, empresa referência mundial em softwares 3D para projetos, o evento tem o objetivo de apresentar ferramentas e uma metodologia de trabalho para integrar informações entre projetos de infraestrutura e edificações aos servidores e funcionários dos diversos órgãos, empresas públicas e Administrações Regionais do DF.

A gestão pública exige eficiência, responsabilidade e respeito com o patrimônio público além do atendimento às necessidades da população. É por isso que o Governo do Distrito Federal busca adotar soluções tecnológicaspara a gestão de seus projetos. O Decreto Federal nº 9.377/2018 (atualizado pelo Decreto Federal 9.983/2019) gerou a exigência da utilização do BIM (Building Information Modeling, ou Modelagem da Informação da Construção) a partir de 2021. “Temos pouco tempo para atender a quantidade de demandas e muita necessidade de tornar nossa gestão de obras mais eficiente. Este é o caminho para a redução de custos e prazos das obras públicas. É tempo de ação”, afirma Gustavo Aires, secretário executivo das cidades do Distrito Federal.

Durante o evento, serão apresentadas: as exigências decorrentes dos Decretos nº 9.377/2018 e nº 9.983/2019, que buscam, além de diminuir os custos e a maior eficiência no desenvolvimento das obras, reduzir a adoção de aditivos contratuais e uma maior assertividade nos projetos; asempresas e organismos que já utilizam a tecnologia BIM em seus projetos – casos exemplificando as vantagens obtidas a partir de sua adoção e o atual momento de implantação da modalidade tecnológica em suas organizações.

Entre os exemplos de instituições do GDF que já iniciaram o processo de adoção do BIM estão Terracap – Companhia Imobiliária de Brasília, Novacap – Companhia Urbanizadora da Nova Capital e CAESB – Companhia de Saneamento Ambiental do DF. Há também iniciativas de adoção do BIM no governo federal e em empresas a ele ligadas, com destaque para o DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Banco do Brasil, Receita Federal, Ministério da Infraestrutura, Hospital Sarah Kubitscheck, entre outras organizações.

O diretor da Pro-Systems explica,“A adoção do BIM por diferentes órgãos da administração do Distrito Federal irá contribuir para a integração dos esforços dos gestores públicos na busca por maior eficiência e economia no planejamento, na proposição e na administração dos empreendimentos realizados. Destaca que a tecnologia tem muito a contribuir para a eficiência e economia de recursos e de tempo na implementação de obras públicas.

O evento é aberto a dirigentes e decisores de órgãos, empresas estatais e das Administrações Regionais do Distrito Federal.

*Inscrições podem ser feitas no link http://www.prosystems.com.br/eventogdf

Sobre o evento:

Temas em debate: Compartilhamento de Dados BIM entre Órgãos do Governo do Distrito Federal; O benefício do BIM em projetos públicos; O poder da colaboração BIM na nuvem; e Estágio atual de implantação do BIM no GDF.

 

Serviço:

Realização: Secretaria Executiva das Cidades do DF

Apoio: Pro-Systems (prosystems.com.br) e Autodesk (autodesk.com / @autodesk)

Data e horário: 26/09/2019, das 8h30 às 12h

Local: Auditório do CREA-DF – SGAS 906 Cj. D

 

 

O que hoje é só poeira e na chuva vira lama, até o começo do ano que vem será asfalto. Na tarde desta quinta-feira (19/9) foi assinado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, uma ordem de serviço para que o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF)  inicie já nesta sexta-feira (20/9) a obra de pavimentação de um trecho da DF-285.

Localizada no Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), a extensão de 10,5 quilômetros da rodovia vai ganhar asfalto em duas faixas de rolamento, acostamento e ciclovia. As máquinas já estão prontas para entrarem em ação.

A parte que será pavimentada começa no final do trecho já asfaltado da DF-285 até o entroncamento com a DF-100. O valor estimado da obra é de R$ 16.292.644,05 milhões com prazo de conclusão de 180 dias. O Consórcio NG-Sigma, empresa vencedora da licitação, será a responsável pela execução.

Produtores
A obra irá beneficiar principalmente os produtores de toda a região com o escoamento de produção agrícola na área do PAD-DF e Unaí (MG) – e nas cidades circunvizinhas de Cabeceira Grande (uma das maiores do Brasil, considerando a produção por hectare), Buriti de Minas e Palmital.

“Tenho convicção de que apoiando o homem do campo nós vamos desenvolver o Distrito Federal”, declarou Ibaneis durante solenidade de assinatura da permissão para o início das obras.

Há 35 anos na produção agrícola da região, o agricultor José Canisio Maldaner disse que o asfalto será providencial na economia do produtor que gasta a mais com combustíveis, manutenção de caminhões, tempo de rodagem e conservação dos hortifrutos que se estragam com o transporte em estradas de má qualidade. “Tem época que a estrada está tão ruim que fica difícil até transitar, lamenta.

Lamarão e Jardim 2
Atendendo a um pedido dos moradores e produtores da região, o governador Ibaneis Rocha anunciou a autorização para o asfaltamento de 4,9 quilômetros da Vicinal 441, estrada de terra que chega à Colônia Agrícola Lamarão e outros 3,9 km do trecho que liga DF-100 ao Núcleo Rural Jardim 2.

Os projetos estão prontos e os recursos serão captados, por meio de emendas parlamentares da Câmara Legislativa do DF. A expectativa é de que o processo de licitação seja lançado na próxima semana.

Texto: Agência Brasília

 

O EmPoderArte é um coletivo de artesãos que tem como objetivo profissionalizar os artistas da cidade do Paranoá para que conquistem novos espaços, experiências e oportunidades.

O intuito do programa não é somente promover exposições, mas prioritariamente desenvolver os artistas enquanto profissionais, trazendo palestras, treinamentos e workshops.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE, será parceira do projeto oferecendo psicólogos aos artistas e a Secretaria de Estado de Turismo – SETUR realizará as avaliações para a confecção das carteirinhas de artesãos. 

Ainda serão feitas exposições coletivas dos trabalhos com apoio da Administração Regional do Paranoá.

Palestrante Marcelo Borges sendo apresentado aos servidores 

 

Na última terça-feira os servidores da Administração Regional do Paranoá receberam uma palestra sobre empreendedorismo realizada pelo Centro Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa-Cebrae. O advogado e empresário, Marcelo Borges, esteve à frente da apresentação que durou aproximadamente 2 horas.

O tema da palestra “Administração Regional Empreendedora” tem por objetivo apresentar aos servidores da administração que atitudes empreendedoras têm o poder de transformar os atendimentos realizados no dia-a-dia de trabalho promovendo mais satisfação à sociedade.

 

O Administrador Regional do Paranoá, Serginho Damaceno, realizou ontem, no período da tarde, uma visita de cortesia ao novo Comandante-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal, coronel Julian Rocha Pontes.

O novo Comandante-Geral e o Administrador do Paranoá são amigos e já trabalharam juntos em outra oportunidade. A reunião teve o objetivo de buscar melhorias para segurança pública da Região Administrativa VII.

Um dos pontos importantes do encontro, frisado pelo Administrador Regional, foi o reforço da segurança na área rural do Paranoá que é a segunda maior do DF e que tem crescido em ritmo acelerado.

Com a chegada dos quase 700 novos soldados, oriundos do último concurso público, foi feito o pedido de mais abordagens policiais no comércio central da cidade e no Paranoá Parque.

O Administrador, Serginho Damaceno, aproveitou a oportunidade para levar algumas ideias sobre a segurança da região do Paranoá ao Comandante-Geral.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros