17 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/07/12 às 17h25 - Atualizado em 10/11/17 às 9h04

Carta de Habite-se (pessoa jurídica)

Documento expedido nos casos de obra inicial e obra de modificação com acréscimo ou decréscimo de área, executadas de acordo com os projetos aprovados ou visados, que pode ser parcial ou em separado.

 

Requisitos

Carta de Habite-se Comercial, Uso Misto ou Institucional (Lei 2.105/98 – Decreto 19. 915/98)

Documentos necessários:

  • Requerimento Padrão;
  • Relatório de Vistoria da AGEFIS/DF;
  • Certidão Negativa de Débitos – AGEFIS;
  • Taxa de Fiscalização de Obras;
  • Taxa de Expediente – Cód 3573 (Em caso de desarquivamento);
  • Alvará de Construção;
  • Guia de Controle e Fiscalização de Obras;
  • Carta de Aceite para fins de Habite-se da CEB;
  • Carta de Aceite para fins de Habite-se da CAESB;
  • Carta de Aceite para fins de Habite-se da NOVACAP;
  • Laudo aprovado pelo Corpo de Bombeiro Militar/Distrito Federal (CBM/DF);
  • Concessão de uso de direito real de uso;
  • Um Jogo de Projeto Elétrico;
  • Um Jogo de Projeto Telefônico;
  • Um Jogo de Projeto Hidráulico;
  • Um Jogo de Projeto Sanitário;
  • Um Jogo de Projeto de Aguas Pluviais Aprovado Pela NOVACAP (quando necessário)
  • Um Jogo de Projeto Cálculo Estrutural;
  • Um Jogo de Projeto de Prevenção Contra Incêndio (Aprovado CBMDF);
  • Relatório de Vistoria Topográfica;
  • Outorga Onerosa ONALT / ODIR – (quando necessário);
  • Obra de Arte – Quando área igual ou superior a 1.000m²;
  • Licença ou Parecer do Impacto Viário – DETRAN (quando necessário);
  • Declaração de Aceite da Secretaria de Saúde (quando necessário);
  • Declaração de Aceite da Secretaria de Educação (quando necessário);
  • Contrato de Canteiro de Obras (quando necessário);

 

Etapas e prazos

Quando a construção é concluída, você pode solicitar a Carta de Habite-se.

Após o relatório de vistoria topográfica feito pela Administração Regional, o proprietário do imóvel faz a requisição junto à AGEFIS/DF, que providenciará uma vistoria no imóvel para atestar que a construção foi feita de acordo com o projeto aprovado.

Após a emissão do Laudo de Vistoria da AGEFIS/DF, e caso a edificação atenda os parâmetros exigidos e a entrega de todos os documentos, a Administração emite a Carta de Habite-se.

Caso a edificação atenda todos os parâmetros estabelecidos pela legislação, após a chegada do Laudo de Vistoria da AGEFIS/DF e entrega de todas as documentações exigidas, a Administração tem DOIS dias para a emitir a Carta Habite-se.

OBS: Momentaneamente esta administração não está autorizada a emitir Carta de Habite-se, visto que toda área que engloba esta Regional está sub judice, aguardando decisão judicial. 

 

Custos

  • Pagamento de taxa de desarquivamento apenas nos casos em que o processo já esteja arquivado, através de DAR (Documento de Arrecadação Avulso) –Secretaria de Estado da Fazendo do DF.
  • Pagamento de Taxa de Execução de Obras na AGEFIS, (Construção e Reforma).
  • Taxa de pagamento da ODIR/ONALT (quando necessário).

 

Normas e regulamentações

  • Lei 2.105/98
  • Decreto 19.915/98

 

Horário de atendimento

Administração Regional do Paranoá

Segunda à Sexta-Feira das 9h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3369-9003

Endereço: Praça Central Lote 01- área especial n°1

 

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros